Campanha prevê crescimento

Segundo o dirigente, pesquisas internas do partido revelam uma diferença de 14 pontos entre Aécio e Dilma em Minas

iG Minas Gerais | Isabella Lacerda |

A vantagem de 1,5 milhão de votos do senador e presidenciável Aécio Neves (PSDB) em Minas em relação à presidente Dilma Rousseff (PT) apontada pelo Ibope é considerada natural pelas lideranças tucanas no Estado. Eles apostam em um crescimento do candidato mineiro após o início da propaganda na televisão e no rádio. Durante a pré-campanha, a estimativa feita pelo PSDB era de que Minas daria 3 milhões de “frente” para o ex-governador.  

Para o presidente estadual do PSDB e braço direito de Aécio em Minas, deputado Marcus Pestana, a campanha ainda não começou efetivamente.

“Sem dúvida, a televisão vai fazer com que as pessoas passem a se preocupar mais com a eleição. Vamos deixar cada vez mais claro que, para o eleitor do Estado, é muito importante ter um mineiro de verdade na Presidência”, afirma.

Segundo o dirigente, pesquisas internas do partido revelam uma diferença de 14 pontos entre Aécio e Dilma em Minas. “Aposto que será possível o senador ter 2,5 milhões a mais que a petista, o que é muito importante”, avalia.

Para lideranças do PT, no entanto, o resultado do Ibope em Minas é “muito positivo”. De acordo com um integrante da coordenação da campanha da presidente no Estado, o levantamento está dentro da expectativa do partido.

“Pela liderança e força do Aécio aqui, a campanha avalia que está tudo dentro do esperado. O senador terá uma vantagem aqui, já que é um reduto tucano, mas o trabalho daqui para frente será o de manter essa pequena diferença de votos”, analisa um petista. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave