Fóssil de réptil pré-histórico é achado em Minas

‘Crocodilo’ que competia com os dinossauros foi encontrado no Triângulo

iG Minas Gerais |

Paleontologia. Fóssil de uma nova espécie de Crocodiliforme baurusuquídeo
L.ADOLFO
Paleontologia. Fóssil de uma nova espécie de Crocodiliforme baurusuquídeo

São Paulo. Um fóssil de uma nova espécie de Crocodiliforme baurusuquídeo, de tamanho grande, que competia com os dinossauros terópodes (carnívoros), foi encontrado no Triângulo Mineiro. O crânio do animal tinha 38 cm de comprimento e possuía uma dentição altamente especializada para hábitos carnívoros. Além do crânio, também foi encontrada a maior parte do esqueleto do fóssil.

Segundo informações do portal UOL, a espécie foi descoberta na região de Campina Verde, em Minas Gerais, nas rochas do período Cretáceo Superior (aproximadamente 90 milhões de anos atrás). Esse é o maior crocodiliforme encontrado na região mineira, diferente das espécies já conhecidas, como Campinasuchus dinizi, que foi encontrado na mesma região em 2011.

O Triângulo Mineiro possui alto potencial paleontológico, e os trabalhos de campo ainda serão realizados neste ano. A equipe que participou da descoberta contou com dez pessoas do Complexo Cultural e Cientifico de Peirópolis e da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM) e envolveu geólogos, paleontólogos e técnicos, durante cinco dias na expedição.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave