Os sabores dos EUA que ganharam os paladares

Mais despojado que Napa, Sonoma também atrai com belos vinhos

iG Minas Gerais | Fernanda Dutra |

Sonoma. Vizinho do vale estrelado, lugar tem vinhos que aguçam o paladar
Fernanda Dutra/Agência O Globo
Sonoma. Vizinho do vale estrelado, lugar tem vinhos que aguçam o paladar

A neblina que cobria a ponte Golden Gate se dissipou a caminho do condado de Sonoma, a menos de duas horas de carro de São Francisco, na Califórnia. Enquanto deixávamos a chuva para trás, meu guia Mark explicava as diferenças entre as duas regiões vinícolas mais famosas do Estado norte-americano: Napa e Sonoma, as quais, em tese, visitaríamos naquele dia.

“Napa tem muito mais fama. Por isso, as vinícolas cobram mais caro pelas degustações, em média US$ 50. Em Sonoma, a média é US$ 15. O Napa parece um shopping de vinhos, com centros de visitantes enormes, especialistas metidos e serviço frio”, diz Mark, deixando claras suas preferências.

O Napa Valley ganhou notoriedade com o episódio batizado de Julgamento de Paris, em 1976, em que um vinho tinto e um branco da região foram eleitos os melhores após uma degustação às cegas com rótulos franceses – a história rendeu livro, filme etc. O mais famoso enólogo do país, Robert Mondavi, se tornou um ícone do Napa, assim como os vinhos com a assinatura dele.

Sonoma, embora mais antigo e vizinho, nunca teve a mesma fama. Os produtores locais têm uma certa rixa com Napa. Em pelo menos um critério, Sonoma ganha: tem 16 apelações de origem controlada contra 14 do Napa. Quanto ao estilo dos vinhos e da recepção de cada vinícola, depende do gosto de cada um. O meu grupo foi convencido pelos argumentos de Mark: escolhemos deixar o Napa para outra visita, curtir mais e melhor Sonoma e ninguém se arrependeu. Em cerca de oito horas, visitamos sem pressa duas vinícolas, o charmoso centro da cidade de Sonoma, algumas salas de prova por lá e o centro comercial CornerStone.

O passeio

Começamos o dia na Imagery, vinícola de rótulos artesanais da família Benziger – instalada em Sonoma desde 1980. Já na entrada, chama a atenção no topo de uma colina um Partenon em escala reduzida. O símbolo se esconde ou se exibe em todos os rótulos da vinícola, que faz blends e vinhos de casta única dos 20 varietais plantados em seus vinhedos.

De acordo com a personalidade do vinho no barril, um curador de arte da Imagery elege uma obra para representá-lo na garrafa, entre as enviadas por artistas do mundo todo. A única exigência da vinícola é que o Partenon esteja presente na imagem. O Wow Oui 2013, blend cítrico de sauvignon blanc com viognier, tem no rótulo uma senhora hippie voando em traços caricaturais.

Já o Wow Red 2011, blend robusto de petite sirah, syrah e lagrein, é acompanhado de um rótulo sóbrio e abstrato. Passe também na galeria de arte da vinícola, que exibe as obras originais estampadas nas garrafas.

De lá, rumamos para a Benziger, a maior vinícola da família, cujos vinhos são 100% certificados biodinâmicos, orgânicos e sustentáveis. Os dois últimos critérios são mais conhecidos, os biodinâmicos, nem tanto.

O método de agricultura surgiu no século XX pregando o respeito aos ciclos naturais na agricultura e abandono dos produtos químicos. As vinícolas, por exemplo, plantaram flores e passaram a criar animais que evitariam pragas nos vinhedos.

O assunto é complexo. Mas não é preciso conhecer a fundo para apreciar vinhos aromáticos como sauvignon blanc da safra 2012 Paradiso di Maria, dos primeiros vinhedos da família em Sonoma Mountain, uma das apelações regionais.

Um tour de carro elétrico (US$ 25 com degustação) passa pelas várias etapas de produção do vinho, guiado por um funcionário da empresa, que conta em detalhes os processos e as técnicas de produção. Ainda visitamos a cave antes de chegar à ampla sala de degustações. Só por aqui se encontram os vinhos Signaterra e Tribute, os mais bem-cotados da vinícola. A loja vende também queijos, embutidos e conservas.

O outro lado

Seguimos então para Sonoma. Sede da última missão construída por colonizadores espanhóis no século XIX, a cidade tem uma bela e verde praça central, cercada de prédios históricos ocupados por salas de prova, lojas e galerias de arte. Lá descobri a Highway 12, uma das poucas a oferecer degustações gratuitas (se você parecer empolgado para comprar). As garrafas de cabernet sauvignon, pinot noir e zinfandel (varietal tinto cultuado na Califórnia) vêm de Sonoma, Napa e Washington State.

A loja e sala de provas da Kamen Estate Wines ficam ali perto. Do roteirista de “Karatê Kid”, Robert Mark Kamen, a vinícola só produz vinhos biodinâmicos e orgânicos de vinhedos próprios, no alto do Sonoma Valley.

Nenhum rótulo rende mais de 2.000 caixas. Foi onde paguei mais pela degustação: US$ 20. Esse valor se converte em desconto na compra do complexo cabernet sauvignon 2010 de US$ 80. Ou o blend de syrah, cabernet sauvignon e petite sirah de 2011 batizado de Writer's Block (US$ 58).

Nossa última parada foi no centro comercial CornerStone Gardens, de onde eu não queria ir embora. Além das lojas de decoração e gastronomia, há ótimas galerias de arte. Os jardins, nos fundos, têm quase 20 instalações de arte, algumas que fazem a alegria das crianças, outras, o relaxamento dos adultos.

No caminho, souvenirs e galerias de arte

Fomos recebidos na sala de prova da Meadowcroft com a cantoria à la Broadway do atendente Stephen O'Malley (a pedido de Mark). Entre os preferidos do balcão, estava o chardonnay 2011 que homenageia o campeão da Fórmula Indy A.J. Foyt e, como é de praxe na região, o cabernet sauvignon, de 2008.

Na volta, a neblina já não cobria a Golden Gate. Antes de chegar a São Francisco, encerramos o dia clicando a ponte ao pôr do sol.

Serviço

Tour de um dia saindo de São Francisco por Sonoma e Napa, com visita a Benziger e almoço, saia US$ 139. Site: www. incadventures.com Imagery.Provas por US$ 10. 14.335 Sonoma Highway, Glen Ellen. Site: www. imagerywinery.com Benziger.Tour com degustação por US$ 25. Provas desde US$ 15. 1.883 London Ranch Rd. Glen Ellen.Site: www.benziger.com Highway 1.Provas gratuitas. 498 First Street E., Sonoma. Site: www. highway12winery.com Kame: rovas entre US$ 20 e US$ 60. 111B East Napa Street. Sonoma Site: www. kamenwines.com Meadowcroft Provas por US$ 5. 23.570 Arnold Dr. Sonoma. meadowcroftwines.com

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave