Justiça suspende liminar e conferência será realizada

O último dia de votação das propostas, marcado para este sábado (2), será realizado normalmente, segundo o Executivo

iG Minas Gerais | Camila Bastos |

Participação. Delegados passaram o dia votando, mas ponto mais polêmico ficou para o último dia
Lincon Zarbietti / O Tempo
Participação. Delegados passaram o dia votando, mas ponto mais polêmico ficou para o último dia

O desembargador de plantão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), Edgar de Pena Amorim, derrubou nesta sexta-feira (1) a liminar que suspendia a realização da 4ª Conferência Municipal de Política Urbana de Belo Horizonte, atendendo a pedido da prefeitura da capital. Assim, o último dia de votação das propostas, marcado para este sábado (2), será realizado normalmente, segundo o Executivo. Entre as discussões em pauta  estão as votações mais polêmicas, relacionadas às Áreas de Diretrizes Especiais (ADE’s).

Na manhã desta sexta, o prefeito Marcio Lacerda chegou a anunciar que a sessão estava cancelada. No entanto, no final da tarde, a assessoria de imprensa da prefeitura informou que a reunião poderá acontecer normalmente no sábado caso o desembargador de plantão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), Edgar de Pena Amorim, decida a favor do Executivo. Até o fechamento desta edição, o magistrado não tinha se posicionado.

Na última quinta feira, a liminar foi concedida com base em ação do Ministério Público.

Aguarde mais informações

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave