Flamengo vota revisão de orçamento na próxima segunda

Cálculo, já aprovado pelo conselho fiscal, prevê redução de R$ 40 milhões nas receitas do rubro-negro; Elano e Felipe devem ser dispensados

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Corinthians vence o Flamengo e se mantém na parte de cima da tabela de classificação do Campeonato Brasileiro
Divulgação/Flamengo
Corinthians vence o Flamengo e se mantém na parte de cima da tabela de classificação do Campeonato Brasileiro

O Flamengo se prepara para votar a revisão de seu orçamento na próxima segunda-feira e deve ter uma redução de R$ 40 milhões em suas receitas. O cálculo, que já passou pelo conselho fiscal, precisa da aprovação do Conselho Administrativo para entrar em vigor.

Segundo o diretor de comunicação do clube, Felipe Bruno, nada será divulgado até o encerramento da reunião. "O Flamengo não abre os números para a imprensa, pois essa é uma discussão interna do clube", declarou.

O orçamento divulgado pelo Flamengo no início de 2014 previa uma receita de R$ 342.042.251,00, vinda principalmente da venda das cotas de TV, que renderiam cerca de R$ 120.314.968, dos contratos de patrocínio, das bilheterias e do programa de sócio-torcedor do clube, o Nação Rubro negra.

Eliminado na primeira fase da Libertadores e figura constante na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, o time passa por uma fase complicada no futebol. A esperança está depositada no recém-chegado Vanderlei Luxemburgo, que precisa tirar o time da degola e estrear bem na Copa do Brasil.

Uma coisa é certa. Além de abrir mão de alguns jogadores experientes e que ganham muito no grupo, o treinador não terá verba para investir em grandes contratações. Elano e Felipe, que treinam em separado dos demais companheiros, devem ser dispensados para a redução de verba. André Santos está rescindindo e Chicão pode entrar na barca também.