Prefeito diz que viaduto pode ser implodido caso demore a recuperação

As escavações em torno do pilar da estrutura começaram nesta sexta; Marcio Lacerda falou sobre o caso em entrevista coletiva sobre Umeis

iG Minas Gerais | CINTHIA RAMALHO/ JULIANA BAETA |

Parte do viaduto que está de pé pode ser importante para saber o que o correu com outra alça
FERNANDA CARVALHO / O TEMPO
Parte do viaduto que está de pé pode ser importante para saber o que o correu com outra alça

Começou, nesta sexta-feira (1°) a escavação em torno do pilar do viaduto Batalha dos Guararapes, localizado na avenida Pedro I, no bairro São João Batista, em Venda Nova. Em sua primeira aparição pública após as declarações polêmicas sobre a queda do viaduto, há quase um mês, o prefeito de Belo Horizonte Marcio Lacerda falou sobre a apuração das causas do acidente em entrevista coletiva sobre a inauguração de novas Unidades Municipais de Educação Infantil (Umeis).

Segundo ele, a prefeitura está aguardando a apuração para ver quais foram as falhas e determinar os responsáveis. “Tudo para garantir a segurança da população e também para que o tráfego seja liberado o mais rápido possível”, disse.

Ainda de acordo com Lacerda, o plano de demolição já está em andamento, mas só será acionado após a conclusão da perícia e do inquérito do Ministério Público. “A Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap) sempre foi rigorosa quanto a fiscalização das obras. Vamos aguardar com tranquilidade o trabalho da polícia técnico-científica. O Montese, que ainda não teve o trânsito liberado, vai ser submetido a um teste de carga. Não podemos prolongar esse assunto do Guararapes por muito tempo, por causa do trânsito e do problema psicossocial que ele traz”, informou.

Lacerda também disse que se a recuperação do viaduto demorar muito tempo, ele terá que ser implodido. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave