Jô não acredita que fracasso na Copa irá tirá-lo da seleção brasileira

Atacante, no entanto, tem consciência de que precisa trabalhar duro para ter novamente uma chance no Brasil

iG Minas Gerais | FERNANDO ALMEIDA |

A primeira convocação da seleção brasileira na nova "Era Dunga" está confirmada para o dia 19 de agosto, e fica a expectativa para saber quais dos 23 atletas que foram para a Copa do Mundo continuarão na lista verde-amarela.

O atacante Jô não acredita que o vexame no Mundial no Brasil irá afetar esta próxima convocação e, claro, espera estar entre os atacantes listados por Dunga para os amistosos contra Colômbia e Equador, nos Estados Unidos.

“Tenho que continuar a fazer meu trabalho, ainda penso em seleção e não é por que não deu certo (na Copa) que tenho que deixar de almejar”, disse Jô.

“Tenho que continuar trabalhando mais para poder voltar, tenho que provar que estou fazendo um bom futebol no clube. Espero ser convocado; pude ser convocado pelo Dunga, nas Eliminatórias e Olimpíada (2008), e espero sim poder voltar para a seleção brasileira”, completou o atacante.

O Brasil enfrentará a Colômbia no dia 5 de setembro, em Miami, e o Equador quatro dias depois, em Nova Jersey.

Leia tudo sobre: jonaoacreditaatuaçaoperdelugarseleçao brasileira