Reservas do Santos perdem do Londrina fora de casa

Com apenas Renato e Alan Santos da equipe titular, o time paulista foi derrotado por 2 a 1, no desgastado gramado do Estádio do Café

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Os reservas do Santos até se esforçaram na noite dessa quinta-feira, mas acabaram sucumbindo diante do modesto Londrina, que disputa a quarta divisão do Brasileirão, no jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil. Com apenas Renato e Alan Santos da equipe titular, o time paulista foi derrotado por 2 a 1, no desgastado gramado do Estádio do Café, e saiu em desvantagem no confronto com os paranaenses.

Com a equipe reserva completamente desentrosada, o Santos foi alvo fácil para o Londrina no primeiro tempo. Os atacantes Paulinho e Joel deitaram e rolaram na frágil defesa santista. Na segunda etapa, o time visitante melhorou em campo, equilibrou as ações e até empatou a partida. Mas, novamente, a defesa vacilou e, aos 44 minutos do segundo tempo, o Londrina garantiu a vitória.

Apesar da derrota, o Santos não deverá ter dificuldade para reverter a vantagem do Londrina no jogo da volta, no dia 14 de agosto, na Vila Belmiro. O time do técnico Oswaldo de Oliveira pode conquistar a vaga nas oitavas de final com uma vitória simples, por 1 a 0, na próxima partida.

O JOGO - Nem parecia que a partida colocava frente a frente um time da primeira divisão e outro da quarta. O time paranaense, da Série D do Brasileiro, soube aproveitar as fragilidades da equipe reserva do Santos - principalmente a falta de entrosamento - e dominou com facilidade o primeiro tempo do confronto.

Logo aos 6 minutos, o atacante Paulinho já deu o tom da primeira etapa. Ele disparou pela direita e, diante da insegura defesa paulista, finalizou duas vezes seguidas dentro da área santista. Vladimir fez boas defesas e evitou o gol do Londrina. Ele e o camaronês Joel, de apenas 20 anos, iriam causar mais sustos ao Santos no decorrer do jogo.

Paulinho levava maior perigo em arrancadas pela direita. Em uma delas, aos 23 minutos, ele cruzou e Joel, sem marcação, cabeceou com tranquilidade para abrir o placar. Perdido em campo, o Santos sofreu o gol em uma recomposição atrasada da defesa, que deixou o volante Renato tentando marcar Joel.

Sem esboçar qualquer padrão de jogo, afinal seus reservas só atuaram juntos em treinos, o time santista mal conseguia articular jogadas para chegar ao ataque. A primeira finalização só saiu aos 41 minutos de jogo. Renato escorou de cabeça dentro da área e Souza bateu fraco e rasteiro, direto para fora.

Antes do intervalo, o Londrina criou duas boas chances para ampliar o placar. Aos 43, em bom lançamento de Celsinho para Paulinho, que demorou para finalizar e foi bloqueado pela defesa. Dois minutos depois, Joel levantou na área para Celsinho completar com perigo. Vladimir evitou o segundo gol dos anfitriões.

No segundo tempo, o ataque santista, formado por Jorge Eduardo, Stefano Yuri e Diego Cardoso, seguia inoperante. Praticamente não ameaçava o gol de Vítor. Em compensação, a defesa levava menos sustos. Mais organizada, já conseguia antecipar as jogadas de Paulinho.

Com a defesa menos ameaçada, Oswaldo de Oliveira tratou de dar poder de fogo ao ataque. Sacou Stefano Yuri e Jorge Eduardo para as entradas de Giva e Geuvânio. E, aos 40, o Santos buscou o empate. Renato fez longo lançamento e achou Geuvânio, que bateu por cobertura e venceu o goleiro Vítor. A defesa do Londrina fez linha de impedimento, sem sucesso.

O duelo, mais equilibrado, parecia definido após o gol do Santos muito melhor do que no primeiro tempo. Mas a defesa paulista voltou a vacilar no fim, e a dupla Paulinho e Joel não perdoou novamente. Aos 44 minutos do segundo tempo, Paulinho avançou pela direita e encontrou Joel, livre de marcação, dentro da área. O atacante nem precisou pular para cabecear para as redes, sacramentando a vitória dos anfitriões.

OUTRO RESULTADO - Também na noite dessa quinta-feira, o Coritiba venceu o Paysandu por 2 a 0, no Couto Pereira, no jogo de ida também da terceira fase. Zé Love e Keirrison marcaram os gols dos anfitriões, que ficaram em situação confortável para o confronto da volta, no dia 13 de agosto.

FICHA TÉCNICA:

LONDRINA 2 x 1 SANTOS GOLS - Joel, aos 23 minutos do primeiro tempo. Geuvânio, aos 40, e Joel, aos 44 minutos do segundo tempo. CARTÕES AMARELOS - Paulinho, Alan Santos, Celsinho, Renato, Vítor, Joel, Emerson e Diogo Roque. ÁRBITRO - Igor Benvenuto (MG). RENDA - R$ 435 mil. PÚBLICO - 15.331 pagantes. LOCAL - Estádio do Café, em Londrina (PR).

LONDRINA - Vítor; Lucas, Sílvio, Dirceu e Alan Vieira (Diego Prates); Diogo Roque, Bidia (Leonardo Dagostini), Léo Maringá e Celsinho (Rone Dias); Paulinho e Joel. Técnico: Cláudio Tencati.

SANTOS - Vladimir; Zé Carlos, Paulo Ricardo, Vinícius Simon (Nailson) e Emerson; Alan Santos, Renato e Souza; Jorge Eduardo (Geuvânio), Stefano Yuri (Giva) e Diego Cardoso. Técnico: Oswaldo de Oliveira.

 

Leia tudo sobre: reservassantosperdemlondrinacopa do brasil