Cerca de 40 pessoas morreram após cessar-fogo ser rompido em Gaza

A mídia israelense noticiou que militantes armados haviam disparado contra soldados de Israel, próximo à cidade de Rafah, em Gaza

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

A trégua incondicional garantida por israelenses e palestinos chegou ao fim duas horas após começar na noite desta sexta-feira (1). Israelenses mataram cerca de 40 pessoas no sul da Faixa de Gaza, durante o cessar-fogo humanitário de 72 horas mediado pela ONU e os Estados Unidos.

A mídia israelense noticiou que militantes armados haviam disparado contra soldados de Israel, próximo à cidade de Rafah, em Gaza. O Hamas e outros grupos de militantes palestinos são acusados por Israel de terem rompido o acordo anunciado na última quinta-feira (31).  

Leia tudo sobre: Cessar-fogoconflitotréguaguerraIsraelHamasGazarebeldesmilitantesexércitoMundoOriente Médio