Em Minas, de olho no Nordeste

O presidenciável Aécio Neves (PSDB) inaugurou nesta quinta seu comitê de campanha em Belo Horizonte

iG Minas Gerais | Larissa Arantes |

Maratona. Aécio pretende percorrer todos os Estados do Nordeste entre os dias 12 e 14 de agosto
douglas magno
Maratona. Aécio pretende percorrer todos os Estados do Nordeste entre os dias 12 e 14 de agosto

O senador e presidenciável Aécio Neves (PSDB) dará início neste mês a uma série de viagens pelo país. O tucano esteve nesta quinta em Belo Horizonte para inaugurar seu comitê de campanha, no antigo hotel Del Rey, na região Central da cidade. Cerca de 2.000 pessoas participaram do evento. “A partir de agora, pé na estrada, andando pelo Brasil. Inicio esta semana um roteiro que, nos próximos 20 dias, terá me levado a pelo menos 20 Estados”, destacou nesta quinta em coletiva de imprensa.  

Aproveitando a dificuldade de seu adversário Eduardo Campos (PSB) alavancar a candidatura no Nordeste, o presidenciável vai dar atenção especial à região. Pesquisa Ibope divulgada nesta quinta mostra que, nem em Pernambuco, Estado governado por Campos até abril deste ano, o socialista vence a presidente Dilma Rousseff (PT). Nos próximos dias 12, 13 e 14, Aécio irá percorrer todos os Estados nordestinos. “(Será) uma base de uma proposta para o Nordeste”, completou.

Questionado sobre a importância da região, Aécio afirmou que prepara um plano de desenvolvimento diferenciado. “Estamos construindo um plano de investimentos para o Nordeste, com um grande choque de infraestrutura, atração de novos investimentos, inclusive com regras tributárias específicas”, detalhou.

Burocracia. Apesar de ainda não especificar quantos ministérios irá cortar se eleito, Aécio voltou a comentar nesta quinta sobre uma de suas principais propostas, que é a redução da burocracia no país. “Quero diminuir os ministérios, diminuir os cargos de livre nomeação e fazer com que o governo funcione. Porque hoje o governo não ajuda e começa a atrapalhar a quem quer empreender no Brasil”, alfinetou.

O coordenador de seu plano de governo, o ex-governador Antonio Anastasia, será responsável por fazer o “novo desenho” da estrutura da União, segundo o presidenciável. Anastasia, porém, evitou nesta quinta detalhar o número de cortes e quais seriam as pastas suprimidas em um possível primeiro mandato de Aécio.

“Veja bem: como deixei a coordenação do plano de governo para me dedicar à campanha em Minas Gerais, agora estou trabalhando para a eleição dele (Aécio) aqui. Vamos aguardar os próximos passos”, avaliou Anastasia.

O candidato à Presidência voltou a citar o estudo de uma universidade norte-americana como a referência para a quantidade de ministérios. O documento revela que o ideal varia de 21 a 23 pastas nos governos.

Kubitschek

Apoio. Maristela Kubitschek, filha do ex-presidente Juscelino Kubitschek, discursou nesta quinta na inauguração do comitê de Aécio e disse que levava o apoio de toda a família ao presidenciável.

Tucano nega eventual cargo a Barbosa O candidato tucano à Presidência Aécio Neves elogiou nesta quinta o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa como um “ministro exemplar”. O tucano negou rumores de que convidará Barbosa para compor sua equipe ministerial em uma eventual vitória. Aécio disse ter “respeito enorme” por Barbosa e afirmou que eles não têm se falado ultimamente. “Ele é um homem que honrou imensamente o Judiciário e a democracia brasileira”, disse, sobre o relator do processo do mensalão petista.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave