Longa mineiro em Brasília

Longa “Ela Volta na Quinta”, de André Novais, estará na mostra competitiva do festival

iG Minas Gerais |

Cannes. André Novais teve seu curta “Pouco Mais de um Mês” exibido em Cannes
Elida Slipe / Divulgação
Cannes. André Novais teve seu curta “Pouco Mais de um Mês” exibido em Cannes

Com seu “Ela Volta na Quinta”, o diretor mineiro André Novais é um dos seis selecionados para a mostra competitiva de longas-metragens da 47ª edição do Festival de Cinema de Brasília. O número de inscritos, 612 filmes, expressa o vigor do cinema brasileiro. Nesta edição, que acontece de 16 a 23 de setembro, o evento voltará a ter o tradicional formato de duas mostras competitivas oficiais, a de longas e a de curtas-metragens.

O festival ampliará a proposta de descentralização, levando as exibições também para outras cidades do Distrito Federal, mas em formato diferente do que vinha sendo feito nos últimos anos. A comissão de seleção dos longas-metragens integrou o jornalista e escritor Alexandre Cunha, a produtora e cineasta Daniela Capelato, a documentarista e professora Érika Bauer, a atriz e realizadora Helena Ignêz e o professor e crítico Marcelo Ikeda. Eles elegeram os seis títulos que farão parte da mostra competitiva de um total de 132 inscritos.

A mostra competitiva de curtas conta com 12 títulos, selecionados por um grupo composto também por cinco profissionais da área, a partir de um total de 480 inscritos.

Seleção

“Branco Sai Preto Fica” (Adirley Queirós)

“Ela Volta na Quinta” (André Novais)

“Brasília S/A” (Marcelo Pedroso)

“Pingo D’água” (Taciano Valério)

“Sem Pena” (Eugenio Puppo)

“Ventos de Agosto” (Gabriel Mascaro)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave