Capital terá US$ 1 milhão para 10,8 km de ciclovias

Com doação de recursos, Bird reconhece demanda das regiões

iG Minas Gerais | Patrícia Medeiros |

Pampulha é uma da regiões da capital que tem vias cicláveis
Alex de Jesus - 29.4.2014
Pampulha é uma da regiões da capital que tem vias cicláveis

Até abril de 2015, as regiões Barreiro e Venda Nova, na capital, vão poder contar com 10,8 km de novas ciclovias construídas. É o que prevê o edital publicado nesta quinta no “Diário Oficial do Município (DOM)”, que abre concorrência pública para a construção das vias. A cidade vai ser contemplada com parte dos US$ 8,5 milhões doados pelo Banco Internacional para a Reconstrução e o e Desenvolvimento (Bird) à Associação Nacional dos Transportes Públicos (ANTP). O recurso já foi repassado. As regiões da capital foram apontadas pela instituição internacional como locais com grande demanda para o veículo. Assessor técnico da ANTP, Marcos Pimentel Bicalho explicou que as obras na capital devem custar U$ 1 milhão. O restante do valor recebido será dividido em outros projetos, distintos, das cidades de Curitiba (PR) e São Paulo (SP). As propostas serão recebidas em agosto. Em Belo Horizonte, as intervenções vão começar assim que o contrato for assinado, o que deve acontecer no próximo mês. Segundo a Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans), a previsão é que a capital tenha 100 km de ciclovias construídas até o fim deste ano. Atualmente há 70,42 km. Surpreso com a divulgação do edital, Rogério Pacheco, ciclista e membro da Associação dos Ciclistas da Pampulha (Giro 30), afirmou que toda tentativa do poder público de melhorar a mobilidade urbana é válida. Ele ressalta que é preciso cuidado para que a obra seja bem feita. Trajetos. Em Venda Nova, a ciclovia vai passar por avenida Senador Levindo Coelho, rua Farmacêutico Raul Machado, e avenidas Antônio Issa, Sebastião Patrus Souza, Augusto dos Anjos, João Samaha e Ministro Oliveira Salazah. No Barreiro, a avenida Waldir Soeiro Emerich vai receber a ciclovia.

Defasagem Implantada. De todas as ciclovias com previsão de implantação neste ano, apenas a da avenida Pedro I foi concluída. Com 4,0 km, a via passa pelas avenidas Pedro I, Cristiano Machado e Otacílio Negrão de Lima, nas regiões Pampulha e Venda Nova. Pendentes: Avenida Barbacena (1,80 km): entre avenida do Contorno e Praça Carlos Chagas (Centro-Sul) Avenida José Cândido da Silveira (3,54 km): entre avenida Cristiano Machado e MG–050 (Nordeste) Avenida Presidente Tancredo Neves (0,95 km): entre avenida João XXIII e rua Paschoal Costa (Noroeste) Avenida Professor Clóvis Salgado (2,67 km): entre avenida Atlântida e rua Beira Mar (Pampulha) Avenida Presidente Tancredo Neves (2,90 km): entre rua Paschoal Costa e avenida Atlântida (Pampulha) Avenida Augusto de Lima (1,01 km) - entre avenida Barbacena e praça Raul Soares (Centro-Sul) Rua Guajajaras (1,5 km): entre praça Raul Soares e avenida Afonso Pena (Centro-Sul) Avenida Carandaí (0,6 km): entre rua Pernambuco e avenida Bernardo Monteiro (Centro-Sul) Norte I (1,94 km): avenida Dr. Álvaro Camargos, entre avenidas Vilarinho e Martinica (Venda Nova) FONTE: BHTrans

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave