Horizonte de paz para Moreno

Em entrevista a O TEMPO , atleta fala de seus planos e da vontade de encerrar carreira na Toca

iG Minas Gerais | Guilherme Guimarães |

Esportes - Belo Horizonte/ MINAS GERAIS / BRASIL
Entrevista com Marcelo Moreno atacante do Cruzeiro.

Foto: Uarlen Valerio / O Tempo 31-07-2014
Uarlen Valério
Esportes - Belo Horizonte/ MINAS GERAIS / BRASIL Entrevista com Marcelo Moreno atacante do Cruzeiro. Foto: Uarlen Valerio / O Tempo 31-07-2014

Muito estilo dentro e fora de campo, seja na forma de se vestir, de dar um passe para gol ou até mesmo comemorar a bola que estufa a rede adversária após um chute certeiro. Esse é o atacante Marcelo Moreno, que, depois de viver turbulências no Rio de Janeiro e em Porto Alegre, mudou de vida em Belo Horizonte.

Animado com o seu bom momento no Cruzeiro, Moreno conversou com a reportagem de O TEMPO, que pegou carona no luxuoso carro do atacante para visitar um dos lugares preferidos do jogador: a orla da lagoa da Pampulha. Ao som da cumbia boliviana, um dos ritmos musicais que embalam os passeios que o boliviano faz pela da cidade, o centroavante abriu o jogo e o coração. Marcelo Moreno falou de seu atual momento no Cruzeiro e de como recuperou o prestígio no futebol, da paz que reencontrou na capital mineira e da vontade que tem de encerrar sua carreira vestindo o uniforme cinco estrelas.

Veja passeio com Marcelo Moreno

Sedento por grandes conquistas no clube que aprendeu a amar, o camisa 18 revelou sua enorme vontade de, quem sabe, conquistar à Tríplice Coroa – Campeonato Mineiro, Brasileirão e Copa do Brasil – feito ainda inédito para outros clubes, e que a Raposa atingiu em 2003.

Emprestado ao Cruzeiro pelo Grêmio até o fim do ano, Marcelo Moreno espera, no futuro, que a diretoria estrelada exerça a prioridade de compra de seus direitos econômicos. Até lá, o jogador espera seguir dando alegrias aos torcedores, a quem o Flecheiro Azul faz questão de enviar um recado especial. 

Com show em treino, equipe é confirmada O técnico Marcelo Oliveira confirmou o time do Cruzeiro para enfrentar o Botafogo neste sábado. No coletivo desta quinta, na Toca II, o treinador celeste escalou Fábio; Mayke, Dedé, Léo e Egídio; Henrique, Lucas Silva, Everton Ribeiro, Ricardo Goulart e Marquinhos; Marcelo Moreno. A atividade teve dois destaques. O primeiro foi a goleada dos titulares por 4 a 0, com gols de Mayke, Ricardo Goulart, Marcelo Moreno e Dedé. O segundo foi o atacante Dagoberto, que treinou entre os reservas. O camisa 11 mostrou muita categoria com jogadas de efeito e “canetadas” nos colegas. “Ele estava demais, fazendo uma coleção de ‘canetas’. Me deu duas, deu uma no Henrique também. Mas faz parte”, brincou Egídio.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave