Homem que invadiu quartel e furtou fuzil é morto por PM de folga

Militar foi acionado por moradores vizinhos a sede da polícia que perceberam a movimentação no local

iG Minas Gerais | CAMILA KIFER |

Homem que invadiu quartel e furtou fuzil é morto por PM
Divulgação / PM
Homem que invadiu quartel e furtou fuzil é morto por PM

Um homem de 21 anos foi morto por um cabo da Polícia Militar na manhã desta quinta-feira (31), em Jordânia, no Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais, depois de invadir um quartel e furtar um fuzil. O militar que teria efetuado os disparos estava de folga e em casa, quando foi acionado por moradores vizinhos da sede da PM, que perceberam a ação criminosa.

Conforme informações do boletim de ocorrência, Fernando Dias de Oliveira entrou na unidade furtou um fuzil com 15 cartuchos intactos. Em seguida, correu pelas ruas do município com a arma nas mãos e retornou ao quartel.

O militar que estava de folga e um outro policial que estava em atividade realizaram buscas pela cidade e retornaram a sede da PM. No local, Oliveira teria feito alguns disparos contra os militares. O capo da PM que estava de folga atirou uma vez contra o suspeito. A bala atingiu o tórax de Oliveira que morreu no local.

A informação é de que a arma do PM foi recolhida e ele passará por medidas administrativas. Ele alegou ter atirado em legítima defesa, segundo a polícia.     

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave