Trabalhadores da saúde recebem proposta do governo de Minas

Eles irão decidir em assembleia geral se a proposta será acatada ouse a greve será retomada; proposta não foi divulgada pela categoria

iG Minas Gerais | JULIANA BAETA |

Após passar 18 dias em greve no mês passado, os trabalhadores da saúde em Minas Gerais receberam uma proposta do governo do Estado e, irão decidir, nesta sexta-feira (1°), em assembleia geral marcada para as 10h, se a greve irá ser oficialmente finalizada ou se ela será retomada. A informação é da diretora do Sindicato Único dos Trabalhadores da Saúde de Minas Gerais (Sind-Saúde/MG) Lúcia Barcelos.

A diretora do Sind-Saúde informou que a proposta que a categoria recebeu do governo não será divulgada antes da reunião desta sexta, para não atrapalhar as negociações. O sindicato representa os servidores da Secretaria Estadual de Saúde, Escola de Saúde Pública, Fundação Centro de Hematologia e Hemoterapia de Minas Gerais, Fundação Ezequiel Dias, Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais, Universidade Estadual de Minas Gerais e Universidade Estadual de Montes Claros. 

A primeira reunião entre a categoria e o governo, aconteceu no dia 18 de junho e terminou sem acordo entre as partes.  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave