Kaká adia a decisão se joga sábado contra Criciúma

Jogador está com edema na panturrilha direita, em tratamento intensivo, mas não deve ter condições de estrear em casa

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Muricy orienta Kaká durante treinamento no CT da Barra Funda
FACEBOOK/PÁGINA OFICIAL/SÃO PAULO
Muricy orienta Kaká durante treinamento no CT da Barra Funda

O técnico Muricy Ramalho vem sofrendo para escalar o São Paulo. Desde a volta após a Copa do Mundo, foram quatro jogos, todos com escalações diferentes. Diante do Criciúma, neste sábado, no Morumbi, ele deve ter mais um "pacote" de desfalques. Encabeçada por Kaká, a lista ainda tem Luis Fabiano, Osvaldo e Antônio Carlos, se recuperando de lesões, e pode o reforço do volante Souza, que deixou o treino desta sexta com uma enorme bolsa de gelo no joelho.

Kaká, na expectativa de fazer sua estreia em casa, deve confirmar nesta sexta-feira que não tem condições de jogo. O meia vem fazendo tratamento intensivo no Reffis (centro de recuperação) para tentar jogar. Mas o edema na panturrilha direita ainda leva muito incômodo ao meia. "Ele será avaliado amanhã (sexta-feira)", é a palavra oficial dos são-paulinos.

Kaká terá uma reunião com o médico do clube, José Sanches, e o técnico Muricy Ramalho, para confirmar que não terá condições de jogo. Até uma campanha da Adidas, patrocinadora do jogador, que prometia premiar dois torcedores são-paulinos com as chuteiras utilizadas pelo craque neste jogo, foi tirada da ar nesta quinta-feira.

O reforço tricolor vem reclamando muito de dor na panturrilha. E agora viu Souza sair com o joelho inchado após um "tostão" diante do Bragantino. Caso ele não atue, a defesa seria mantida com Douglas, Paulo Miranda, Rafael Toloi e Álvaro Pereira. Assim Rodrigo Caio permaneceria como volante, ao lado de Maicon.

Nesta quinta, num treino no campo de grama sintética entre reservas e que contou com Alan Kardec e Rogério Ceni na linha, o goleiro ainda deu susto ao prender o pé na grama e levar a mão à virilha. Mas não foi nada de grave e ele continuou na brincadeira.

A lista de desfalques é grande, mas o técnico Muricy Ramalho terá a volta do atacante Alan Kardec, que não jogou diante do Bragantino por já ter defendido o Palmeiras na Copa do Brasil. Vindo de duas derrotas seguidas no Brasileirão, o São Paulo não admite tropeço nos dois próximos jogos, ambos no Morumbi, diante de Criciúma e Vitória.

Leia tudo sobre: kakasao paulodesfalquefutebol