Pato diz estar pronto para ser titular do São Paulo

Atacante, que marcou gol contra o Bragantino, acredita que está merecendo uma sequência no time

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Atacante tem começado bem sua trajetória no São Paulo
Divulgação
Atacante tem começado bem sua trajetória no São Paulo

Alexandre Pato participou dos cinco jogos do São Paulo na Copa do Brasil. E até saiu-se bem. Já no Brasileirão, pouco vem sendo aproveitado. Nesta quinta-feira, ele resolveu mandar um recado para Muricy Ramalho caso o treinador esteja em dúvida sobre quem escalar diante do Criciúma, no sábado. "Estou pronto", afirmou o atacante.

Pato fez um gol na vitória diante do Bragantino, por 2 a 1, e garantiu que os 90 minutos em campo foram suficientes para ele demonstrar que pode ser titular, mesmo com a volta de Alan Kardec e, futuramente, de Osvaldo.

"Venho demonstrando meu trabalho, fiz uma preparação boa e aproveitei ao máximo (a excursão) nos Estados Unidos. Entrei em alguns jogos, contra Bahia atuei um pouco, com o Goiás desde o intervalo e me esforcei bastante. Acho que estava merecendo sair de titular contra o Bragantino, então, aproveitei e espero cada vez mais ter mais chances de jogar", enfatizou.

E mais uma vez repetiu sua mensagem direta e pronta: "Estou pronto. Todos estão muito felizes com volta do Kardec e esperamos pelo Osvaldo também, mas estou preparado. Fiz jogo bom com o Bragantino e vai depender do professor. Independentemente de quem ele for escolher, estou pronto, mesmo no banco ou como titular."

Cotado para ser negociado à Europa, ele garantiu que isso é apenas interesse do Corinthians, dono de seu passe, e que a cabeça estava voltada apenas em brilhar no São Paulo. "Não são interesses meu nem do São Paulo. E para se chegar na Europa, num grande time, tem de estar jogando. Primeiro quero jogar aqui e ganhar muitos títulos, depois vou pensar no futuro. Minha cabeça é o São Paulo, só aqui, pensando em trabalhar."

Apesar de Kardec retornar, Osvaldo ainda não estará à disposição. E como dificilmente Kaká se recuperará das dores na panturrilha direita, as chances de Pato aumentam.

E ele, óbvio, aproveita para fazer lobby. Em qualquer posição. "Eu sou jogador de futebol e quero estar sempre jogando, eu quero, eu gosto, mas tenho de obedecer ordens do professor, ele é quem manda, ele é quem decide. Se tenho dificuldade de algo, preciso aprender para que possa chegar até ele confiante, levar essa confiança para ele me botar pra jogar", disse.

Alguma preferência? "Acho que não tenho problema em nenhuma posição, no Milan e na seleção atuei em posições diferentes. Aqui quem manda é o professor Muricy, não jogo sozinho, jogo com um monte de companheiros e todos têm de respeitar. Ele faz isso pelo grupo, temos de fazer também. Estou disposto a fazer o que pedir, estou pronto para jogar, na frente, de lateral ou no meio."  

Leia tudo sobre: alexandre patosao paulotricolortitularfutebol