Há três jogos sem marcar, Marcelo Moreno exalta trabalho coletivo

Atacante afirma sentir falta de balançar as redes adversárias, mas prefere priorizar o sucesso coletivo da Raposa

iG Minas Gerais | BRUNO TRINDADE |

Marcelo Moreno vê disputa pelo Brasileiro mais acirrada este ano
Washington Alves/Light Press
Marcelo Moreno vê disputa pelo Brasileiro mais acirrada este ano

A função do centroavante, do artilheiro, é balançar as redes adversárias. Com Marcelo Moreno não é diferente. De volta ao Cruzeiro em 2014, após boa passagem em 2007 e 2008, o jogador conquistou novamente o seu espaço e segue como comandante do melhor ataque do Brasileirão.

Apesar de ser o vice-artilheiro da Raposa na disputa nacional, com cinco gols, o boliviano não balança as redes adversárias há três jogos, fato que não preocupa o avante celeste.

“Independentemente de ficar três jogos sem marcar, o importante é ver o Cruzeiro líder, mostrando um bom futebol. A gente fala que é um falso nove, que abre espaços para os companheiros se infiltrarem e fazer os gols. A gente fica feliz com isso”, declarou.

O jogador negou ansiedade para voltar a marcar e disse que sente falta de estufar as redes dos rivais. Porém, ele prefere priorizar o sucesso coletivo da Raposa. “Ansioso não. Mas como atacante, a gente sempre quer fazer gols. Porém, o principal são as vitórias. A gente mantendo esse futebol que estamos apresentando e tendo final feliz no campeonato, é o mais importante pra gente”, concluiu Marcelo Moreno.

Leia tudo sobre: CruzeiroRaposamarcelo morenojejumgolscoletivoartilheiro