Após Copa, procura começa a subir

Já Aurélio Rezende, gerente comercial da Somattos Engenharia, afirma que pelo menos a sua construtora não está tendo um ano ruim

iG Minas Gerais | LUDMILA PIZARRO |

A venda dos imóveis em Belo Horizonte no primeiro semestre teve uma redução de 20% a 30% em relação ao ano passado, segundo informa Otimar Bicalho, presidente da CMI/Secovi-MG. “O ano de 2014 começou ruim. No período da Copa, parou tudo”, diz.  

Após o Mundial, no entanto, o sentimento é de que o mercado voltará a ficar aquecido. “Os clientes voltaram a pesquisar, o que é um bom sinal, mas ainda falta fechar mais negócios”, opina Bicalho.

Já Aurélio Rezende, gerente comercial da Somattos Engenharia, afirma que pelo menos a sua construtora não está tendo um ano ruim e observou um aumento de, pelo menos, 10% nas vendas no primeiro semestre em relação ao mesmo período de 2013. “O mês de julho foi ótimo, isso me surpreendeu positivamente”. Ele destacou que a busca é principalmente de apartamentos prontos, de três ou quatro quartos em bairros como Serra, Buritis e Jaraguá. “Na planta, já não teve a mesma saída”, diz. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave