Própolis é exportado para o Japão

Desde 2012, a Conap tem a habilitação para exportar, concedida pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

iG Minas Gerais | Janine Horta |

Cerca de 80% da produção da Cooperativa Nacional da Apicultura (Conap), localizada no Jardim Canadá, em Nova Lima, é destinada ao exterior, principalmente Europa e Japão. A capacidade da cooperativa é de 10,5 toneladas de mel e 44 mil frascos de própolis por mês. “O carro-chefe da produção é o própolis. No Japão, as pessoas tomam própolis de maneira preventiva para evitar doenças. E aqui temos um diferencial: o própolis verde, característico da região central de Minas Gerais”, conta Cristiano Carvalho, presidente da Conap.  

Desde 2012, a Conap tem a habilitação para exportar, concedida pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Carvalho revela que, após passar pela inspeção do ministério, a cooperativa recebe rigorosa fiscalização de missões estrangeiras. “Detalhes mínimos, como até mesmo uma tampa de ralo, são observados por eles. Tudo tem que estar impecável”, diz.

Quando o mel chega à Conap, proveniente de vários apicultores, após a análise laboratorial e aprovação quanto à pureza, passa por processos de filtragem e pasteurização, antes de ser envasado e despachado. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave