Dois são mortos em mais uma noite violenta

Comerciante foi fuzilado no Betim Industrial, e rapaz levou facadas no bairro São João

iG Minas Gerais | Evandro Teles |

Barraco onde jovem foi esfaqueado por um desconhecido
Nelson Batista
Barraco onde jovem foi esfaqueado por um desconhecido

A Delegacia de Homicídios ainda não tem pistas da autoria e da motivação de dois assassinatos ocorridos na noite de anteontem, em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte.

No primeiro caso, um comerciante de 39 anos foi morto com vários tiros em seu bar, no bairro Betim Industrial, e no segundo, um homem de 22 morreu após ser esfaqueado em um barraco no bairro São João.

Segundo a Polícia Militar, a morte do comerciante Alecsandro Martins foi bastante sentida por clientes e por moradores do bairro Betim Industrial. Não há suspeitos do crime.

“Um desconhecido em um Palio preto já chegou atirando contra o comerciante Alecsandro Martins, que estava em seu estabelecimento, na rua Capela Nova. Ele chegou a ser levado para o Hospital Regional, mas não resistiu aos ferimentos”, disse um militar.

Esfaqueado

A outra vítima, Dêniam Lúcio da Silva, foi esfaqueada e morta em um barraco na rua São Julião. “Chegamos ao local, e uma equipe de resgate do Samu da cidade atestou a morte da vítima. A perícia da Polícia Civil constatou um corte na cabeça e perfurações na mão esquerda, feitos provavelmente por faca ou punhal”, informou um dos militares que atenderam a ocorrência.

De acordo com um investigador da Delegacia de Homicídios, Dêniam Lúcio da Silva tinha passagem pela polícia.

“Ele já foi detido por tráfico de drogas e por furto, mas não conseguimos apurar ainda a causa da morte”, disse. O corpo de Silva foi levado para o IML de Betim.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave