Após decepções, Gerrard fala em 'piores meses da vida'

Além da eliminação precoce na Copa do Mundo, jogador lamenta muito a perda do título do Campeonato Inglês

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Gerrard está fora de combate após grave lesão em goleada sobre o West Ham
FACEBOOK OFICIAL/LIVERPOOL/REPRODUÇÃO
Gerrard está fora de combate após grave lesão em goleada sobre o West Ham

O veterano Steven Gerrard, de 34 anos, vem de seguidas decepções no futebol. A perda do Campeonato Inglês pelo Liverpool, com falha dele em jogo decisivo diante do Chelsea, e a queda na primeira fase da Copa do Mundo pela seleção inglesa foram capazes de abalar mesmo um jogador tão experiente quanto ele. "Foram os três piores meses da minha vida", resumiu.

"Como eu classifico estes momentos? Provavelmente os três piores meses da minha vida. Não há nada mais a dizer realmente sobre isso", declarou em entrevista coletiva na cidade de Nova Jersey, onde o Liverpool faz pré-temporada. "Quando se está lutando por coisas neste nível, há sempre decepções, corações quebrados e desapontamentos, e os últimos três meses foram um grande desapontamento".

O pesadelo de Gerrard teve início no dia 27 de abril, quando o Liverpool, então líder do Campeonato Inglês, perdeu para o Chelsea por 2 a 0, na antepenúltima rodada. Na ocasião, o meio-campista falhou no primeiro gol, no fim do primeiro tempo, ao escorregar e deixar a bola no pé de Demba Ba, que abriu o placar. Depois desta partida, a equipe de Anfield Road foi ultrapassada pelo Manchester City, que ficou com o título.

"Por isso foi tão cruel. Eu não cometi um erro, eu não perdi meu homem na marcação, eu não desperdicei um pênalti, eu não dei um passe errado. Todas as pessoas do planeta escorregam em algum momento da vida, seja na escada, no chão, ou em qualquer lugar. Para mim, aconteceu no campo, em um momento realmente ruim. Era um momento crucial, e eu preciso enfrentar isso. E vou enfrentar", disse.

Com a Inglaterra, Gerrard não foi o protagonista da decepção, o que não significa que a sensação tenha sido diferente. A equipe conquistou apenas um ponto no Grupo D da Copa do Mundo, depois de perder para Itália e Uruguai e empatar com a Costa Rica, e acabou eliminada na primeira fase. Foi o adeus do jogador vestindo as cores do país, já que pouco depois ele anunciou sua aposentadoria da seleção.

"Infelizmente eu tive um momento difícil com o clube no fim da temporada, então fui para a Copa do Mundo esperando que fosse muito boa para me ajudar a superar. Mas foi um tiro que saiu pela culatra. Eu tive dois momentos inacreditavelmente baixos em um espaço curto de tempo, então será um bom teste para mim nesta temporada. Posso voltar à forma depois disso? Acredito que posso", comentou.  

Leia tudo sobre: gerrardeliminaçãoprecocecopapioresmesesvidainglaterra