Vasco promete ter postura mais ousada diante da Ponte

As críticas a Adilson Batista, em boa parte, dizem respeito a sua insistência de levar a campo três volantes com pouca vocação de chegar ao ataque

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

O Vasco pode perder por até um gol de diferença, nesta quarta-feira, para a Ponte Preta, que, ainda assim, se classifica para as oitavas de final da Copa do Brasil. O jogo, marcado para começar às 22 horas, em São Januário, pode representar uma mudança significativa na forma de o time carioca atuar. Na véspera, o técnico Adilson Batista disse que ia abrir mão de três volantes e escalar outro homem de criação, ao lado do meia Douglas.

No treino, deixou Dakson entre os titulares e barrou Luan. Assim o treinador sinaliza que tem ouvido o apelo de torcedores, descontentes com as últimas atuações do Vasco, que ocupa apenas a 10ª posição na Série B do Brasileiro. As críticas a Adilson Batista, em boa parte, se referiam à sua insistência de levar a campo três volantes com pouca vocação de chegar ao ataque.

Na semana passada, no jogo de ida com a Ponte Preta pela Copa do Brasil, o Vasco venceu por 2 a 0, em Campinas. Desta vez, com o apoio de sua torcida, o time carioca terá ainda a volta do zagueiro Rodrigo, recuperado de lesão. Assim, a expectativa vascaína é de um grande resultado em São Januário, para confirmar a classificação para as oitavas de final do torneio.

Leia tudo sobre: vascoprometemaisousadiaponte pretacopa do brasil