Ataque israelense à escola da ONU deixa 15 mortos em Gaza

O oficial de saúde Ashraf al-Kidra disse que outros 40 palestinos ficaram feridos no bombardeio na manhã desta quarta-feira (30)

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Uma autoridade de saúde da Palestina informou que 15 pessoas foram mortas depois de um ataque de tanques contra uma escola da ONU em Gaza, onde centenas de palestinos se refugiaram da ofensiva de Israel contra o Hamas.

O oficial de saúde Ashraf al-Kidra disse que outros 40 palestinos ficaram feridos no bombardeio na manhã desta quarta-feira (30).

O porta-voz da Agência da ONU de Assistência aos Refugiados da Palestina, Adnan Abu Hasna, disse que o bombardeio contra a escola Abu Hussein começou por volta das 4h30 (local).

"Nós queremos entender o que aconteceu e quem é o responsável", disse Robert Turner, chefe da Agência de Socorro e Trabalho da ONU.

A reportagem chegou mais tarde ao local e viu um banheiro e duas salas de aula completamente destruídos, pelo que parecia ser bombardeios de tanques.

O ataque vem um dia depois de Israel ter intensificado sua ofensiva aérea e de artilharia contra símbolos do controle do Hamas em Gaza.

O Exército de Israel preferiu não comentar o ataque e afirmou que está investigando o ocorrido. 

Leia tudo sobre: GazaIsraelHamasataqueescolaONUpalestinosmortosferidosAshraf al-KidraMundo