Imunização contra malária será testada

A RTS,S deverá ser exclusivamente utilizada contra o parasita da malária, Plasmodium falciparum, mais predominante na África Subsariana(SSA)

iG Minas Gerais | Da redação |

O laboratório GSK formalizou pedido regulatório à Agência Europeia de Medicamentos (EMA na sigla em inglês) para colocar no mercado a primeira vacina contra a malária, a RTS,S.  

A agência deverá avaliar a qualidade, segurança e eficácia da chamada “vacina candidata” a ser fabricada em um estado-membro da União Europeia (UE) para uma doença reconhecida pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

A RTS,S deverá ser exclusivamente utilizada contra o parasita da malária, Plasmodium falciparum, mais predominante na África Subsariana(SSA). Cerca de 90% das mortes estimadas com malária ocorrem na SSA, e 77% em crianças menores de cinco anos de idade.

A apresentação do pedido à EMA é o primeiro passo no processo regulatório para tornar a vacina candidata RTS,S disponível como adicional às ferramentas atualmente existentes recomendadas na prevenção contra a malária.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave