Nove homens são presos sob suspeita de abusarem de duas adolescentes

Mãe de uma das vítimas havia registrado um boletim de ocorrência no domingo (27) relatando o desaparecimento da menor

iG Minas Gerais | CAMILA KIFER |

Nove homens foram presos na manhã desta terça-feira (29) no bairro Minas Caixa, em Venda Nova, em Belo Horizonte, sob suspeita de abusarem sexualmente de duas menores, sendo que uma delas estava desaparecida desde domingo (27).

Conforme informações do boletim de ocorrência, durante patrulhamento, militares da 228ª Cia do Tático Móvel do 49º Batalhão da Polícia Militar (PM) avistaram duas jovens sendo arrastadas por três homens para dentro de um  Honda Civic, de cor prata. O grupo foi abordado na rua José Anselmo Nascimento. As adolescentes, ambas de 16 anos, contaram à polícia que foram obrigadas a usar drogas e a fazer sexo com os três que estavam dentro do carro e outros que estavam dentro de um imóvel na mesma rua.

A casa indicada pelas vítimas é conhecida na região como ponto de venda e uso de entorpecentes. No local, militares encontraram os outros suspeitos com uma grande quantidade de droga. As vítimas não informaram como o grupo conseguiu levá-las para o imóvel.

Bruno Fernandes de Matos, de 25 anos, Raufe Alexandre Alves Sampaio, de 28 anos, Atos Ramom Machado de Amorim, de 22 anos, Robson Alves Domingos, de 25 anos, Derick Mendez Fossa, de 29 anos, Romulo Julian dos Santos Souza, de 19 anos, Rafel Jorge Emiliano, de 20 anos, Moises Neves Portugal da Silva, de 24 anos, e Wellington Daniel Trindade, de 38 anos, foram presos e encaminhados para a  Divisão de Orientação e Proteção à Criança e ao Adolescente (Dopcad), já que o crime foi contra adolescentes.

As vitimas foram encaminhadas para o Hospital Risoleta Tolentino Neves, na mesma região, onde receberam os primeiros atendimentos. Visivelmente abaladas e sob efeitos de entorpecentes, segundo a polícia, as menores foram transferidas para o Hospital Municipal Odilon Behrens (HOB), no bairro Lagoinha, na região Noroeste da capital.

A mãe de uma das vítimas, que havia registrado um boletim de desaparecimento da filha no domingo, acompanhou as menores durante o registro de ocorrência. Ela relatou à polícia que na segunda (28) ela havia recebido várias ligações de homens que afirmavam estar com as filhas e que não iriam devolvê-la. A mãe ainda afirmou ter ouvido a filha pedir socorro.       

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave