Marcelo Oliveira cobra Palmeiras focado no Brasileirão

Volante quer que o time não se influencie pelo resultado no amistoso contra a Fiorentina e busque a reabilitação no Nacional

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Palmeiras, de Marcelo Oliveira, está próximo do retorno à elite do futebol nacional
Reprodução/Instagram
Palmeiras, de Marcelo Oliveira, está próximo do retorno à elite do futebol nacional

Para Marcelo Oliveira, o Palmeiras não pode se deixar influenciar pelo resultado do amistoso dessa quarta-feira contra a Fiorentina, às 21h50, no Pacaembu. Em caso de derrota ou empate, o time tem de se manter concentrado no Campeonato Brasileiro na opinião do volante. O Palmeiras está 12ª posição do Campeonato Brasileiro, com 13 pontos, não vence há seis rodadas e perdeu os seus últimos jogos pela competição.

"A partida contra a Fiorentina é um evento e creio que, independentemente do resultado, não vai atrapalhar o nosso foco que é o Campeonato Brasileiro", disse Marcelo Oliveira. O Palmeiras volta a campo pelo Brasileiro no domingo, quando recebe o Bahia no Pacaembu.

Apesar de a partida desta quarta-feira ser amistosa, o jogador prevê um duelo bastante equilibrado e disputado. "A partir do momento em que você veste a camisa de um clube grande, todos estarão vendo e, nesta partida, não será diferente. Esperamos fazer um grande jogo e cumprir nosso papel. Com naturalidade, as coisas acontecerão, e com certeza será um grande jogo", disse.

O OUTRO LADO - O goleiro Neto, da Fiorentina, também aposta em um jogo equilibrado, sem favoritos - o time italiano ainda está em início de pré-temporada e os jogadores estão sem ritmo de jogo. Mesmo assim, ele espera se destacar para chamar a atenção de Dunga, técnico da seleção brasileira. "É uma oportunidade importante retornar ao meu país, onde fui criado e aprendi grande parte de todas as coisas da minha carreira. Estou feliz por essa oportunidade, e, quem sabe, de uma maneira ou de outra, esse jogo possa me dar uma oportunidade na seleção."

A partida é válida pela Copa EuroAmericana, que coloca frente a frente equipes europeias e americanas. A vitória concede um ponto para o continente que a equipe representar. Ao final do torneio, a confederação vencedora receberá o troféu James Hogg. Em 2013, a Europa bateu as Américas por 6 x 2. Também estará em jogo a Taça Júlio Botelho, iniciativa do Palmeiras em homenagem ao ex-jogador que atuou nos dois clubes.

Leia tudo sobre: palmeirasmarcelo oliveiravolantefiorentina