Jogadores fazem reunião e atrasam treino do Botafogo

Elenco alvinegro cobrou do diretor técnico Wilson Gottardo os três meses de salários atrasados, além de direitos de imagem e FGTS

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Botafogo já se prepara para o grande jogo na Argentina
REPRODUÇÃO/BOTAFOGO
Botafogo já se prepara para o grande jogo na Argentina

A manhã desta terça-feira foi agitada e de reivindicações no Botafogo. Antes do treinamento, que acabou sendo atrasado, os jogadores se reuniram com o diretor técnico de futebol Wilson Gottardo para discutir o momento difícil do clube, com atraso salarial de três meses. Além disso, o clube ainda deve direitos de imagem e FGTS.

O grave problema financeiro do Botafogo foi exposto ao público no último domingo, quando o time entrou em campo para enfrentar o Flamengo, no Maracanã, exibindo uma faixa em que cobravam o pagamento das dívidas.

E este não foi o primeiro protesto dos jogadores. No início deste ano, eles atrasaram alguns treinamentos e se recusaram a realizar uma atividade. Depois, durante a Copa do Mundo, se negaram a viajar para a disputa de um amistoso na Paraíba. O meia Carlos Alberto não deu os detalhes da reunião, mas explicou como foi a conversa, que também contou com a participação do técnico Vagner Mancini.

"A gente teve um papo bem bacana em que o Gottardo se posicionou, os jogadores também tiveram espaço e o Mancini colocou algumas situações dele. Eu até gostaria de falar detalhes, mas é como se fosse uma conversa com a sua mulher, você não fala tudo. Foram esclarecidas algumas situações e o Gottardo é bem transparente, deixou todo mundo à vontade para opinar. Uns jogadores falaram, outros não e o importante foi que saímos de lá com um norte a ser seguido", disse.

Depois da reunião, os atletas do Botafogo que não participaram do clássico com o Flamengo disputaram um jogo-treino contra o Bangu. As principais novidades foram as presenças dos atacantes Ferreyra e Rogério, recém-contratado pelo Botafogo. Assim, o time iniciou a atividade com a seguinte escalação: Andrey; Lucas Dankler, A.Bahia e Junior César; Bolatti, Rodrigo Souto e Gegê; Rogério, Ferreyra e Wallyson.

Em 13º lugar no Campeonato Brasileiro com 12 pontos, o Botafogo volta a entrar em campo no próximo sábado, às 18h30, quando vai receber o Cruzeiro no Maracanã em partida válida pela 13ª rodada.

Leia tudo sobre: botafogotreinoreuniaofutebolcrisesalario