Em 2014, 21 milhões de eleitores usarão impressão digital para votar

O número representa 15% dos 142.822.046 eleitores aptos a votar em 2014; ferramenta é usada para combater fraudes na eleição

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

AARON SCHOENFELD/DIVULGAÇÃO
undefined

Uma das principais novidades da eleição deste ano, a biometria será usada por mais de 21 milhões de brasileiros, que serão identificados pela impressão digital na hora de votar.

O número representa 15% dos 142.822.046 eleitores aptos a votar em 2014. Ferramenta usada para combater fraudes na eleição, a biometria representará 100% dos eleitores do Distrito Federal, Alagoas, Amapá e Sergipe.

Os dados estatísticos divulgados nesta terça-feira (29) pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) também mostram que a maior parte do eleitorado brasileiro é formada por mulheres. São 74.459.424 eleitoras, 52,13% do total. Os homens representam 47,79%, sendo 68.247.598 eleitores. O total de eleitores em 2014 aumentou 5,17% em relação a de 2010.

Os dados do TSE mostram ainda que a população de eleitores idosos (com mais de 60 anos) cresceu de 20.769.458, em 2010, para 24.297.096 nestas eleições.

Apesar do aumento de eleitores, houve uma queda no número de jovens com voto facultativo, ou seja, aqueles que têm 16 e 17 anos. Em 2010, eram 2.391.352 e, em 2014, são 1.638.751 aptos a votar nessa faixa etária, uma queda de 31%.

De acordo com o presidente do TSE, ministro Dias Toffoli, essa alteração se deve ao fato de o fechamento total do cadastro deste ano considerar a data da eleição. Ou seja, em anos anteriores, o cadastro era fechado no dia 30 de junho e não considerava aqueles eleitores que completariam 18 anos até a data da eleição. Neste ano, um novo software permitiu a contagem incluindo o dia da eleição. Portanto, aquele eleitor que vai fazer 18 anos nesse meio tempo até o dia da eleição já não está contabilizado nesse dado estatístico de 16 e 17 anos.

O ministro Dias Toffoli também destacou que o próprio Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) analisa essa diminuição no eleitorado jovem com a tendência do envelhecimento da população brasileira.

CANDIDATO

Entre os candidatos, 55% são brancos. Do total de 25.366 inscritos, 13.958 candidatos são brancos.

As estatísticas revelam ainda que os de cor parda correspondem a 8.868 pessoas (34,96%), os negros somam 2.344 candidatos (9,24%), os da cor amarela são 116 (0,46%) e os que se declararam indígenas equivalem a 80 candidaturas (0,32%).

O levantamento do TSE engloba todos os concorrentes aos cargos em disputa no pleito deste ano: presidente, vice-presidente, governador, vice-governador, senador, 1º e 2º suplentes de senador, deputado estadual e deputado distrital.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave