Entorpecimento dos sentidos

Sri Prem Baba diz que o silêncio é vital para acessar o inconsciente

iG Minas Gerais | Ana Elizabeth Diniz |

Sabedoria. O mestre Sri Prem Baba afirma que o ser humano precisa despertar para a necessidade de integrar seu lado sombrio e remover o medo e o ódio para ser feliz
Sitah/Divulgação
Sabedoria. O mestre Sri Prem Baba afirma que o ser humano precisa despertar para a necessidade de integrar seu lado sombrio e remover o medo e o ódio para ser feliz

Ele é conhecido e respeitado como um guru, um mestre, mas prefere dizer que é um amigo. “Eu sou um ser humano e, como tal, eu me expresso de diferentes maneiras. Meu guru Sri Sachcha Baba Maharajji fez de mim um guru também, e isso não é algo que se escolhe”, explica Sri Prem Baba, nome espiritual dado por seu mestre em sua iniciação em 2000.

“Prem” significa “amor divino” ou “amor puro”; “baba” significa “homem santo” ou “pai espiritual”, e “sri” significa “graciosidade” ou “auspiciosidade” e é usado para expressar respeito por mestres espirituais.

O guru conta que, por volta de 1998, entrou em profunda crise existencial. Ele estava em seu apartamento em São Paulo e, no auge da crise, fez uma oração sincera para o universo.

Ele rogou: “se realmente houver um poder que nos guia neste mundo, uma verdade que está além das criações da minha própria mente, eu peço, em nome do amor, que se manifeste. Naquele momento, tive uma visão de um homem velho, de longas barbas brancas que estava nos Himalaias e me disse: ‘Quando fizer 33 anos venha para Índia, Rishikesh’. Essa visão me relembrou que eu já havia recebido a mesma mensagem quando tinha 14 anos, no dia em que fiz minha primeira aula de ioga e ouvia um canto devocional indiano”.

Em janeiro de 1999 ele foi para a Índia. Quando bateu à porta foi recebido pelo santo responsável pelo Sachcha Dham Ashram, em Rishikesh, e assim que o viu o reconheceu como o homem da sua visão. A partir daquele momento ficou vivendo no ashram.

Transformação. Depois que voltou ao Brasil, Baba criou o Sachcha Mission Ashram em Nazaré Paulista. “Aqui ensinamos como transformar o sofrimento em alegria, e o principal instrumento para a realização dessa alquimia é o autoconhecimento. Oferecemos o método batizado por mim de “Caminho do Coração”, que contém uma série de ferramentas que possibilitam a identificação do sabotador da felicidade dentro de cada um e oferece o conhecimento para transformá-lo”, diz ele.

Em Belo Horizonte, no dia 8 de agosto, ele vai lançar o livro “Transformando o Sofrimento em Alegria”, que traz ensinamentos retirados de uma compilação de discursos feitos por ele, na Índia, entre 2009 e 2010.

“Abordo diversos aspectos da vida humana, sempre relacionando a vida prática com a espiritualidade. A grande maioria das pessoas desconhece que tem o poder de materializar suas escolhas, que podem se traduzir tanto em sofrimento como em alegria. O livro mostra que a alegria é uma escolha”, conta o guru.

Definição

Missão. Ao colocar seus dons e talentos a serviço do bem maior, ou seja, ao entregar seus presentes para o mundo de forma desinteressada, você se alinha com o propósito da sua alma.

AGENDA: O lançamento do livro “Transformando Sofrimento em Alegria” será no dia 8 de agosto, das 16h às 18h, na livraria Mineiriana (rua Paraíba, 1.419, Savassi). No mesmo dia, das 20h às 21h haverá o Satsang, no Instituto de Educação. No dia 9, de 10h as 17h, acontece o mini-intensivo em Casa Branca. Informações e inscrições: www.prembaba.org.br

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave