Fernando Pimentel se encontra com vereadores de Cláudio

Segundo Pimentel, o tema não entrou em pauta pois já está sendo investigado pelas autoridades competentes

iG Minas Gerais | Isabella Lacerda |

Uma semana após a polêmica envolvendo a construção com recursos públicos de um aeroporto em Cláudio (Centro-Oeste) durante a gestão de Aécio Neves (PSDB) em Minas, o candidato ao governo Fernando Pimentel (PT) convocou os vereadores da cidade para uma reunião de campanha. Apesar de afirmar que o encontro não tratou do assunto, Pimentel fez uma provocação aos adversários. Perguntado se já havia usado a pista que ainda não tem autorização da Agência Nacional de Avião Civil (Anac) para funcionar, o petista afirmou que não havia passado no local “pois não usa pistas clandestinas”.

Apesar da “coincidência” do encontro, Pimentel afirmou que não pretende usar a denúncia como assunto de campanha. “A reunião já estava marcada desde antes. Tratamos da campanha, de reivindicações importantes para os vereadores. A cidade também está abandonada pelo governo estadual. Não foi feito nada lá além da obra que você mencionou (o aeroporto). Falamos de tudo, menos de aeroporto”, garantiu, após a conversa com as lideranças de Cláudio.

Segundo Pimentel, o tema não entrou em pauta pois já está sendo investigado pelas autoridades competentes. “A Anac tem uma função institucional que tem que cumprir e investigar. Quem tiver que investigar, que investigue. Nós não temos que falar sobre isso”, declarou, ressaltando que o objetivo da sua campanha é apresentar propostas.

Pimentel aproveitou a agenda nesta segunda para confirmar a participação da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Lula em sua campanha em Montes Claros, no Norte de Minas, na próxima sexta-feira. “Essa não é a primeira vez. Eles vieram durante as caravanas. É a primeira vez em atividade de rua. Escolhemos Montes Claros em homenagem ao ex-vice-presidente José Alencar, que tinha muito ligação com a cidade”, disse. 

Sul de Minas

Crítica. Pimentel voltou a acusar o PSDB de ter abandonado Minas. Como exemplo, ele citou o Circuito das Aguas, no Sul de MG. “O governo vai lá apenas para sugar o que a cidade tem de melhor.”

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave