Botafogo fará reunião nesta terça para discutir crise

Jogadores fizeram protesto antes do jogo de domingo, expondo faixa que denunciou atrasos de salários

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Preparação do Botafogo durante a pausa no calendário será feita no Rio de Janeiro
Satiro Sodre / Botafogo
Preparação do Botafogo durante a pausa no calendário será feita no Rio de Janeiro

Repercutiu mal entre dirigentes e conselheiros do Botafogo um detalhe do protesto dos jogadores do clube, assim que entraram em campo no domingo para o clássico com o Flamengo, no domingo. No gramado do Maracanã, eles esticaram uma faixa na qual diziam que só estavam ali por profissionalismo e respeito aos torcedores. Mas a faixa também trazia em letras menores o motivo do ato.

E foi isso que irritou a diretoria do clube. A lista de reclamações incluía três meses de atraso no pagamento dos salários, cinco meses sem receber os valores relativos ao direito de imagem e o não recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

O diretor técnico de futebol, Wilson Gottardo, disse que havia sido avisado pelos atletas de parte do conteúdo da faixa. Ele considerou inoportuno expor os compromissos que o clube não tem honrado.

O presidente do clube, Maurício Assumpção, e alguns diretores vão se reunir nesta terça-feira a fim de discutir a crise financeira do Botafogo e a manifestação dos atletas.

Leia tudo sobre: botafogocrisereuniaofaixafutebolatrasosalario