Mesmo com a Raposa sobrando em campo, Fábio descarta time nota dez

Capitão e um dos líderes do grupo celeste, goleiro ressalta que mesmo com a boa campanha sempre há o que melhorar

iG Minas Gerais | BRUNO TRINDADE |

O Cruzeiro é o líder do Campeonato Brasileiro com nove vitórias em 12 jogos, tem cinco pontos de vantagem sobre o vice-líder Corinthians, e o melhor ataque da competição, com 28 gols. Além do retrospecto da atual temporada, a Raposa é a atual campeã nacional e um adversário a ser batido.

Mesmo com números e retrospectos favoráveis, o goleiro Fábio disse que a agremiação estrelada não é e nem pode pensar que tem uma equipe nota 10. “Nunca vai estar nota 10. Sempre tem coisas pra melhorar. Nós jogadores nos cobramos dentro de campo e quando vemos os vídeos dos jogos. Sempre analisamos o que erramos e o que precisamos melhorar. É fundamental nunca achar que estar 100% porque isso gera uma alta confiança que não é boa para o futebol e a equipe acaba caindo de rendimento”, declarou.

O arqueiro disse que a equipe celeste foca em cada jogo para seguir na ponta e para manter boa vantagem para os seus rivais. “A gente pensa jogo a jogo. Não temos que ficar pensando lá na frente no que vai acontecer. O importante é somar pontos agora e a equipe tem consciência disso. Todos estão se empenhando ao máximo porque sabemos que sempre existirá um grau de dificuldade, independentemente do adversário. Temos que nos concentrar em conseguir as vitórias pra que essa vantagem possa vir a nos favorecer”, concluiu.  

Leia tudo sobre: cruzeiroraposafábiotoca II