Brasil fatura nove medalhas em etapa do judô no Chile

As medalhas de ouro vieram com alguns dos atletas mais experientes da delegação: João Macedo (até 73kg), Vinicius Panini (até 81kg) e Diego Santos (até 60kg)

iG Minas Gerais | Agência estado |

O Brasil faturou nove medalhas, sendo três delas de ouro no Pan-American Open de Santiago (Chile), etapa de menor valor do Circuito Mundial de Judô encerrada neste domingo. Com os titulares pensando no Mundial, que vai acontecer na última semana de agosto, na Rússia, a seleção brasileira foi representada por uma espécie de time D, com muitos atletas que nunca haviam competido pelo Brasil.

As medalhas de ouro vieram com alguns dos atletas mais experientes da delegação: João Macedo (até 73kg), Vinicius Panini (até 81kg) e Diego Santos (até 60kg). Este último, atleta da Sogipa, é o terceiro melhor brasileiro no ranking mundial da sua categoria, atualmente ocupando a 31.ª posição - ele já foi 15.º.

O Brasil ainda disputou mais uma final em Santiago, com Daniel Santos ficando com a prata na categoria até 66kg. As medalhas de bronze vieram com Horácio Antunes (até 100kg), Vinicius Sakamoto Leal, Thelmo Gomes (ambos até 66kg), Phelipe Pelim (até 60kg) e Dione Barbosa (até 63kg). Os últimos três estrearam no Circuito Mundial.

Leandro Cunha, agora na categoria até 73kg, também competiu em Santiago e decepcionou, levando ippon de um espanhol logo na primeira luta. Medalhista no Mundial de 2007, João Gabriel Schlitter, que volta a competir em alto nível, participou da chave de até 100kg e terminou em quinto, com uma vitória e duas derrotas.

Leia tudo sobre: judosantiago