Jô vê Atlético melhor em derrota para o Sport e antecipa adeus de R10

Galo sai de Recife sem os três pontos e Jô volta a dar indícios da saída de Ronaldinho Gaúcho, grande ídolo da história alvinegra

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Os efeitos da ressaca pelo título da Recopa Sul-Americana foram sentidos pelo Atlético na tarde deste domingo, na derrota por 2 a 1 para o Sport, na Ilha do Retiro, em Recife. A partida da 12ª rodada do Campeonato Brasileiro terminou para o Galo sem o objetivo traçado pelo técnico Levir Culpi, que era a conquista dos três pontos para que o time ganhasse posições na tabela de classificação.

Para o atacante Jô, o resultado da partida não foi justo, uma vez que, na visão do avante, o Galo foi melhor no compromisso diante do Leão. "Tivemos o domínio total da partida, eles não ofereceram perigo, mas fizeram gols em vacilos nossos. Pesou o cansaço de quarta-feira. Foram 120 minutos difíceis na quarta. Temos que descansar, temos uma semana cheia para encaixar o time para seguir firma na luta nesse Campeonato Brasileiro", comentou.

Um dos grandes companheiros de Ronaldinho Gaúcho no Galo, Jô voltou a dar indícios sobre a iminente saída do meia, que sequer viajou para enfrentar o Sport. "Tudo indica que sim (saída de R10). Não veio para o jogo, estava liberado. Pela maneira que ele se despediu na quarta, indica que foi o último jogo dele. Agora é esperar se esse posicionamento será oficial ou não", comentou.

Seguindo com os questionamentos da imprensa no pós-jogo, Jô voltou a reiterar que R10 se despediu de todos, inclusive do próprio atacante. "Se despediu de todo mundo, mas ainda não foi oficial. Despediu de mim e de todo mundo. Não bateram o martelo, aguardo com esperança para ficar. Mas se ele for, agradeço por tudo. Foi um pai para mim”, disse.

Com uma semana para dar sequência à preparação, o Atlético volta a jogar apenas no próximo domingo, às 18h30, no Independência, contra o Atlético-PR.

Leia tudo sobre: atléticogaloronaldinho gaúchor10