Sport homenageia Ariano Suassuna contra o Atlético

Jogadores do clube paraibano usarão em suas camisas os nomes de personagens de obras do escritor

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Ariano Suassuna sofreu um AVC na noite de segunda (21), passou por cirurgia e estava internado
Ariano Suassuna sofreu um AVC na noite de segunda (21), passou por cirurgia e estava internado

Ao invés de Magrão, Neto Baiano ou Durval, os jogadores do Sport que disputam a 12.ª rodada do Campeonato Brasileiro, neste domingo, serão identificados em suas camisas com nomes de personagens de obras do escritor e dramaturgo paraibano Ariano Suassuna, que morreu na última quarta-feira no Recife, aos 87 anos. Chicó, João Grilo e Cangaceiro, por exemplo, sairão das páginas do "Auto da Compadecida" para enfrentar o Atlético Mineiro, no estádio da Ilha do Retiro, às 16 horas.

É mais uma homenagem do clube ao seu mais famoso e ardoroso torcedor. Ariano era "doente" pelo Sport e a bandeira do time foi uma das quatro que envolveram o seu caixão, junto com a da Universidade Federal de Pernambuco, onde foi professor, a de Pernambuco e a do Brasil.

A exemplo do ocorreu no jogo pela Copa do Brasil, na última quinta, contra o Paysandu, o clube também irá tocar, no intervalo da partida, a trilha sonora da adaptação para o cinema do Auto da Compadecida, ao invés do grito de guerra do clube, e com imagens de Ariano no telão.

No velório do escritor, muita gente vestiu a camisa do Sport em sua homenagem. Seus netos também usaram a camisa rubro-negra, adorada pelo avô que viveu em defesa da cultura popular nordestina e brasileira. Sua obra retratou o povo sertanejo, sua arte e seus costumes, o que fazia cada um se sentir identificado e representado por ele. Nunca houve muros entre Ariano e as pessoas. Simples, acessível, estava sempre disponível para todos - na sala de aula, nas aulas-espetáculo, na torcida do Sport, em casa ou na vida política.

Não estarão identificados com os personagens de Ariano nem o lateral-direito Patric, nem o volante Rithely, suspensos pelo terceiro cartão amarelo. Érico Júnior ainda era dúvida, pois tinha dores na coxa direita. O Sport está na oitava colocação do Brasileirão, com 18 pontos.

Leia tudo sobre: sportatleticogaloariano suassuna