Papa pede que erros do passado não sejam repetidos

Na praça São Pedro, o papa pediu aos fiéis e turistas disse pensar nas crianças - mortas, órfãs ou mutiladas - que, "como brinquedo têm destroços da guerra"

iG Minas Gerais |

Padres nomeados vão atuar na Diocese de Marília, em São Paulo e na Arquidiocese de Brasília
ANDREW MEDICHINI/AP - ARQUIVO
Padres nomeados vão atuar na Diocese de Marília, em São Paulo e na Arquidiocese de Brasília

O papa Francisco pediu que os erros do passado não fossem repetidos ao lembrar neste domingo dos 100 anos da Primeira Guerra Mundial. Francisco citou o atual conflito entre os palestinos e israelenses, assim como na Ucrânia e no Iraque.

Na praça São Pedro, o papa pediu aos fiéis e turistas disse pensar nas crianças - mortas, órfãs ou mutiladas - que, "como brinquedo têm destroços da guerra".

"Peço a vocês, parem. Peço do fundo do meu coração", disse o papa Francisco. Ele citou a declaração do então papa Bento XV durante a Primeira Guerra de que foi um "massacre inútil". "Tudo é perdido com a guerra, nada é perdido com a paz. Nunca mais à guerra", declarou o papa.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave