Prefeito anuncia auditoria em contratos firmados por ex-secretário

Em 2012, uma análise no órgão de controle apontou uma série de irregularidades e levou ao cancelamento do contrato da ONG Casa Espírito Tesloo com a Secretaria de Desenvolvimento Social

iG Minas Gerais |

A prefeitura do Rio de Janeiro vai abrir uma auditoria, na próxima segunda-feira (28), para apurar denúncias de recebimento de propina pelo ex-secretário municipal de Desenvolvimento Social, Rodrigo Bethlem. Segundo reportagens das revistas Veja e Época, Bethlem disse a sua ex-mulher que recebia uma “mesada” de R$ 70 mil da organização não governamental (ONG) Casa Espírito Tesloo, que prestava serviços para sua pasta, entre 2011 e 2012.

Em entrevista coletiva hoje (28) no Palácio da Cidade, o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, disse que pediu à Controladoria do Município que analise todos os contratos firmados por Bethlem durante sua gestão na secretaria. Segundo Paes, em 2012, uma auditoria do órgão de controle apontou uma série de irregularidades e levou ao cancelamento do contrato da ONG Casa Espírito Tesloo com a Secretaria de Desenvolvimento Social.

“Quero garantir que faremos isso com absoluta transparência, informando a imprensa e a sociedade sobre todos esses contratos. Que essa atitude sirva de sinal claro para todos que trabalharam na prefeitura e para a sociedade, que me elegeu, que não há qualquer relação política ou pessoal que me fará ser conivente com qualquer caso de corrupção. Qualquer pessoa vai responder pelos seus atos, independente da ligação política, à população”, disse Paes.

O prefeito disse ainda que ficou chocado e estarrecido com as denúncias contra Bethlem, que é deputado federal pelo PMDB. Ontem (25), depois da veiculação das denúncias, o parlamentar divulgou uma nota, em que nega as acusações feitas contra ele e classifica e diz que as denúncias são infundadas.

“Toda a minha vida pública foi pautada pelo respeito às leis e pela transparência na condução de minhas atividades e, sendo assim, repudio essa irresponsável tentativa de macular a minha imagem.  Me causa surpresa que essas acusações tenham sido disparadas contra mim às vésperas de uma eleição, mas é visível que o intuito delas é ferir a reputação que alcancei pela minha dedicação à vida pública”, diz a nota divulgada por Bethlem.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave