Vitória derrota o Criciúma e respira no Brasileirão

Equipe baiana chega aos 11 pontos e melhora suas condições na luta contra o rebaixamento

iG Minas Gerais | Agência Estado |

No duelo entre Criciúma e Vitória, neste sábado, no estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC), o time visitante se deu melhor. Diante da sua torcida, a equipe catarinense se desestabilizou emocionalmente por causa da arbitragem e deu chance aos baianos golearem. Com o placar de 3 a 1, pela 12.ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Vitória chega aos 11 pontos e respira mais na luta contra o rebaixamento. Agora está empatado com o próprio Criciúma, que ganha no número de triunfos (4 a 2). O jogo começou com o Criciúma soberano no ataque. Fazia parte da estratégia do Vitória se retrair, com até 10 jogadores na defesa. Mas após investidas sem sucesso, o time da casa sentiu o primeiro baque na partida aos 12 minutos, quando o atacante Michael sentiu uma lesão e teve que ser substituído pelo estreante Danilo Alves. Com a substituição, o Vitória cresceu um pouco mais. Também contou com a sorte: aos 18 minutos, Euller aproveitou uma bobeira da zaga do Criciúma e cruzou para Dinei, que apenas ajeitou para Caio abrir o placar. Mesmo assim, o Criciúma continuou lutando no primeiro tempo para buscar o placar. Aos 29 minutos, três finalizações consecutivas pararam no goleiro Wilson. O defensor adversário, com o resultado a favor, também começou a fazer cera, irritando a torcida e o time da casa. De cabeça quente, o Criciúma recebeu os três cartões amarelos e um vermelho em apenas três minutos: de tanto reclamar, o árbitro carioca Marcelo de Lima Henrique mandou o zagueiro argentino Escudero mais cedo para o vestiário, aos 37. Desfalcado e enjambrado, o Criciúma voltou perdido no segundo tempo. Já o Vitória continuou apostando na defesa forte e no contra-ataque. Aos 21 minutos, o visitante ampliou o placar com Caio novamente, de cabeça após escanteio. Aos 38, o lateral-direito Ayrton acertou de falta direto no gol. O Criciúma ainda conseguiu o gol de honra aos 44 com Serginho, de cabeça, enquanto que a torcida já estava esvaziando o estádio. FICHA TÉCNICA CRICIÚMA 1 x 3 VITÓRIA CRICIÚMA - Luiz; Eduardo, Fábio Ferreira, Escudero e Cortez; Serginho, João Vitor, Rafael Costa e Paulo Baier (Lucca); Silvinho e Michael (Danilo Alves) (Ronaldo Alves). Técnico: Wagner Lopes. VITÓRIA - Wilson; Ayrton, Alemão, Kadu, Euller; Marcelo (Luiz Gustavo), Adriano, Richarlyson (Willian Henrique), Marcinho; Caio (Willie) e Dinei. Técnico: Jorginho. GOLS - Caio, aos 18 minutos do primeiro tempo; Caio, aos 21, Ayrton, aos 38, e Serginho, aos 44 minutos do segundo tempo. CARTÕES AMARELOS - João Vítor e Serginho (Criciúma); Wilson, Adriano e Luiz Gustavo (Vitória). CARTÃO VERMELHO - Escudero (Criciúma). ÁRBITRO - Marcelo de Lima Henrique (Fifa/RJ). RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis. LOCAL - Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC).

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave