Bem mais barato

Antecipar a compra do pacote de fim de ano pode gerar economia para o viajante

iG Minas Gerais | Paula Coura |

Resort. Programa ideal para quem quer curtir o fim de ano com toda a família
Mídia Mutá/Divulgação
Resort. Programa ideal para quem quer curtir o fim de ano com toda a família

Já tem muita gente pensando nas luzes de Natal ou nas baladas do revéillon em pleno mês de julho. E nada melhor do que curtir esse momento com a família em um resort, lugar onde o luxo e o prazer do descanso andam juntos. Ansiosos? Apressados? Extremamente organizados? Talvez possa ser o perfil de quem compra pacotes para as festas de fim de ano, mas o que todos eles procuram com toda essa antecedência pode ser resumido em uma palavra: descontos.

“Muitos clientes já fecharam pacotes de fim de ano agora, em julho, com desconto de até 15%, sobre a hospedagem, ou pelo mesmo preço praticado entre 2013/2014. Essa antecedência acaba sendo atrativa tanto para nós, operadores, que conseguimos melhores preços, quanto para os viajantes, que também acabam se beneficiando das tarifas baixas”, confirma Paulo Testa, da Interpool, agência especializada em pacotes para resorts.

E quem pensa que a prática está em uma realidade longínqua se engana. No site resortesonline.com.br, várias pessoas já buscavam informações, nos meses de maio e junho, sobre pacotes para o Natal ou para o réveillon. “Olá quero um resort em Fortaleza para oito adultos e quatro crianças, do dia 27/12 até 06/01/2015, ainda tem disponibilidade? Gostaria dos preços”, dizia o post de Thais Queiroz, de Brasília, no dia 22/07. “Olá tem disponibilidade neste hotel Salinas de Maceió Beach Resort, suíte familiar, data 28/012/2014 até 05/01/2015”, perguntava Alda Leitão, no dia 18/07.

Interior ou praia

Não é nenhuma novidade o fascínio do mineiro pelas férias na praia. E se o destino é certo, a dica é se planejar o quanto antes. “É uma tendência a antecipação das viagens, pelo menos em um período de seis meses, porque seria praticamente impossível manter uma tarifa em um resort de um ano para o outro. Mudar o hábito do consumir de comprar tudo de última hora é uma preocupação dos proprietários de resorts”, garante Daniel Guijarro, presidente da Resorts Brasil.

Ele explica que diferente do que acontecia em anos anteriores, quando os pacotes para o réveillon eram mais procurados que os de Natal, o público cada vez mais preenche as ocupações dos resorts nessas duas datas. “Geralmente, o que se observa é que a ocupação dos resorts de interior é maior no Natal, e a dos resorts de praia fica mais cheia na virada do ano”, explica Guijarro.

Seja onde for, o caso é que cada vez mais há menos vagas para quem se decide na última hora. “Pode até ser, sim, que eles consigam um desconto comprando, por exemplo, um pacote no dia 23 para os dias 24 e 25, mas as chances estão mais restritas e, com certeza, não são os melhores lugares”, comenta o presidente da Resorts Brasil.

Baixa temporada

Mas, para quem está de olho em viajar pagando bem menos, o período entre os meses de setembro, outubro e novembro podem ser bastante atrativos. “Conseguimos descontos em pacotes de até 25% durante a baixa temporada”, diz Paulo Testa. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave