Quando o céu não é o limite

Pedir dinheiro aos fiéis é permitido por lei? Entenda as implicações legais, teológicas e éticas que envolvem o apelo financeiro de algumas instituições

iG Minas Gerais | JULIANA BAETA |

Cidades - Belo Horizonte  / MINAS GERAIS / BRASIL
Membros de greja Cruzada Profetica Pai das Luzes sao denunciados por enganar fieis.

Foto: Uarlen Valerio / O Tempo 24-07-2014
Uarlen Valério
Cidades - Belo Horizonte / MINAS GERAIS / BRASIL Membros de greja Cruzada Profetica Pai das Luzes sao denunciados por enganar fieis. Foto: Uarlen Valerio / O Tempo 24-07-2014

“Ele diz que tem como abrir o portão do céu, ele promete a salvação, mas não rasga dinheiro, não. Promete mansão no paraíso contanto que você pague primeiro, dê sua doação e entre no céu”. Os trechos são da música “Guerra Santa”, de Gilberto Gil, escrita em uma época em que as chamadas igrejas renovadas começavam a se popularizar no país.

No discurso, elas pregam o sacrifício por meio de doações em dinheiro. A recompensa é salvar os fiéis de qualquer mal, desde uma dor de cabeça até doenças mais graves, como o câncer. Foi por isso que o aposentado César Glicério da Silva, de 41 anos, procurou a Igreja Cruzada Profética do Pai das Luzes. Ele queria se curar da hipertensão e, para isso, gastou R$ 12 mil com doações e compras de produtos.

Após um ano frequentando o templo no centro de Belo Horizonte, ele não se curou da doença e agora luta, na Justiça, para reaver o dinheiro que gastou e que o faz penar com dívidas acumuladas em 60 prestações feitas em diversos bancos.

Acompanhe a reportagem completa clicando nos links abaixo:

 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave