Leandrinho encerra dúvida e garante que jogará Mundial

Ala lembrou que já jogou os Jogos Olímpicos de Londres sem contrato com clube

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Leandrinho ajudou o Suns a conseguir mais uma vitória diante do Pacers
DIVULGAÇÃO/NBA
Leandrinho ajudou o Suns a conseguir mais uma vitória diante do Pacers

Os primeiros dias de treinos da seleção brasileira masculina de basquete para o Mundial da Espanha deixaram no ar uma preocupação. Sem equipe na NBA e ainda sem seguro garantido para a disputa da competição, o ala Leandrinho não participou de nenhuma atividade que envolvia contato físico. Sua presença no torneio, então, foi colocada em dúvida, mas ele encerrou esta questão nesta sexta-feira e garantiu que disputará o campeonato. "Deixo isso nas mãos dos meus agentes e da CBB (Confederação Brasileira de Basquete). Lógico que quero definir logo meu contrato na NBA e, consequentemente, o seguro. Não quero pensar na hipótese de jogar sem seguro, mas se precisar acho que não haverá problema. Joguei as Olimpíadas de Londres sem contrato", declarou. Leandrinho atuou na última temporada da NBA pelo Phoenix Suns, mas ainda não teve seu contrato renovado e não acertou com outra equipe da liga. Por isso, não está amparado por um seguro que cubra os prejuízos em caso de uma eventual lesão. Sem esta garantia, a CBB cogita fazer o seguro por conta própria, mas os altos valores assustam a entidade. Independente disso, o jogador garantiu estar focado e se disse motivado para a disputa de seu quarto Mundial. "A motivação é sempre defender as cores do Brasil. A gente até esquece as dores que acompanham nesta primeira semana de treinos, mas faz parte. É hora de muita união e superação." O ala Alex também garantiu estar motivado e afirmou que o Brasil tem tudo para brigar pelas primeiras posições do campeonato. "Temos três grupos que formam uma equipe forte. Jogadores que atuam na NBA, na Europa e no Brasil. Estou há dez anos jogando com eles e sinto que agora é o grande momento. Em uma competição você entra para ganhar ou perder, infelizmente faz parte. Nós vamos para ganhar."

Leia tudo sobre: LeandrinhoMundialBasqueteseleção brasileiraespanha