Chelsea anuncia volta de Drogba por uma temporada

Mais cedo, Mourinho havia dito que o atacante poderia voltar ao clube se a análise fosse de que ele tem condições de apresentar um futebol de alta qualidade

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

José Mourinho havia dado a dica, mais cedo, quando afirmou que Didier Drogba "pertencia" ao clube. O craque marfinense, responsável pelo maior título do clube, a Liga dos Campeões de 2011/2012, está de volta a Stanford Bridge. Nesta sexta-feira, ele voltou a posar com a camisa azul ao ser anunciado como reforço do time londrino por um ano.

"O Chelsea tem orgulho de anunciar o retorno de Didier Drogba. O atacante assinou um contrato de um ano. Drobga, claro, não precisa ser apresentado", diz a nota publicada no site oficial do clube inglês.

Didier Drogba foi determinante para que o Chelsea vencesse a Liga dos Campeões em 2012, em um time que se defendia muito bem e confiava no atacante para resolver. Logo após a conquista em Munique, exatamente sobre o Bayern, seu contrato chegou ao fim e ele partiu para jogar na China. Ainda passou pelo Galatasaray antes de voltar a Londres, sem custos para o Chelsea.

"Foi uma decisão fácil. Eu não poderia deixar passar a oportunidade de trabalhar com José (Mourinho) de novo. Todo mundo sabe a relação especial que tenho com o clube e aqui sempre foi como uma casa para mim", explicou Drogba.

Mais cedo, Mourinho havia dito que o atacante poderia voltar ao clube se a análise fosse de que ele tem condições de apresentar um futebol de alta qualidade e não apenas pelo posto de ídolo. "Meu desejo de vencer continua o mesmo e eu miro a oportunidade de ajudar o time. Estou muito empolgado em dar este passo na minha carreira", afirmou o jogador.

O treinador, então, garantiu que Drogba não volta pelo nome. "Ele está voltando porque é um dos melhores atacantes da Europa. Eu conheço sua personalidade muito bem e sei que ele volta não é protegido pela história ou pelo que fez antes. Ele volta com a mentalidade de fazer mais história".

Drogba jogou no Chelsea entre 2004 e 2012, depois de passar pelo Olympique de Marselha, e fez 157 gols em 341 partidas pelo clube. Ele é o recordista de gols em competições europeias pelo Chelsea (34 gols) e fez nove gols em nove finais na sua primeira passagem por Londres, quando ganhou três vezes o Campeonato Inglês, quatro a Copa da Inglaterra e duas a Copa da Liga Inglesa.

Leia tudo sobre: chelseaacertodrogbaretorno