Confiança do consumidor sobe 3,0% em julho, diz a FGV

Em julho, o indicador, calculado dentro de uma escala de pontuação de até 200 pontos (quanto mais próximo de 200, maior o nível de confiança do consumidor), fechou em 106,9 pontos

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

A confiança do consumidor subiu 3,0% em julho, após avançar 1,0% em junho e recuar 3,3% em maio, sempre na comparação com o mês anterior. É o que revelou há pouco a Fundação Getulio Vargas (FGV) ao divulgar o Índice de Confiança do Consumidor (ICC), na série com ajuste sazonal. Em julho, o indicador, calculado dentro de uma escala de pontuação de até 200 pontos (quanto mais próximo de 200, maior o nível de confiança do consumidor), fechou em 106,9 pontos.

Embora tenha sido a segunda alta seguida, o ICC segue num patamar baixo em termos históricos. "A alta da confiança do consumidor é uma boa notícia, mas parte do resultado parece ter sido influenciada pela movimentação em torno da Copa do Mundo nas cidades pesquisadas. Para se confirmar uma tendência mais consistente de alta, será necessário aguardar os próximos resultados", informou a FGV, em nota oficial. Em relação a julho de 2013, houve queda de 2,6% do ICC.

O resultado foi influenciado principalmente pela percepção em relação ao momento corrente, enquanto a confiança em relação ao futuro se manteve praticamente estável. O Índice de Situação Atual (ISA) mostrou alta de 3,1%, ao passar de 109,6 para 113,0 pontos. No mês anterior, o ISA havia subido 2,2%. Já o Índice de Expectativas (IE) subiu 0,5%, de 100,7 para 101,2 pontos. Em abril, o indicador havia avançado 0,1%. O levantamento abrange amostra de mais de dois mil domicílios em sete capitais, com entrevistas entre os dias 01 e 22 de junho.

Leia tudo sobre: ConsumidorConfiançaÍndiceFundação Getulio VargasICCFGVjulhocrescimentoeconomia