Estação de Sarzedo segue fechada para a população local

Para tentar solucionar o caso, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) já pediu informações à Setop sobre a paralisação

iG Minas Gerais | jhonny cazetta |

Reclamações. Orçado em R$ 8,3 milhões, terminal teve o atendimento suspenso no início da semana
FERNANDA CARVALHO - 21.7.2014
Reclamações. Orçado em R$ 8,3 milhões, terminal teve o atendimento suspenso no início da semana

Ainda não há previsão para o retorno do funcionamento do terminal de ônibus de Sarzedo, na região metropolitana de Belo Horizonte. A suspensão das atividades no local – que custou R$ 8,3 milhões aos cofres públicos e foi inaugurado no último dia 5 – foi feita na última segunda-feira, à pedido da Secretaria de Estado Transportes e Obras Públicas (Setop), após reclamações de usuários.

Quando a estação foi inaugurada pelo governo, a promessa era de garantir maior agilidade, com menos tempo de viagem e custo menor – já que com a baldeação a passagem passaria de R$ 6,45 para R$ 5,50, com o cartão Ótimo. No entanto, usuários sem o cartão passaram a ter que pagar mais uma passagem.

A outra reclamação dos passageiros está relacionada ao quadro de horários das 13 linhas alimentadoras que chegavam ao terminal e integrariam Sarzedo, Mário Campos e Brumadinho a cinco linhas troncais, que fariam novo trajeto para outras cidades – Belo Horizonte, Contagem e Betim.

Solução. Para tentar solucionar o caso, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) já pediu informações à Setop sobre a paralisação. Nos próximos dias, reuniões entre os dois órgãos deve ocorrer para tentar resolver os problemas citados pelos passageiros e promover a reabertura do terminal. Enquanto isso, a assessoria de imprensa da pasta informou que a circulação de ônibus da região voltaria a ser “como era antes da implantação desse terminal”.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave