Analice Souza

Analice Souza, 29 Socióloga e empresária ex-Big Brother Brasil 12

iG Minas Gerais | Andréa Juste |

O que você tem a dizer sobre a “gordofobia”? Te incomoda essa associação entre beleza e peso?  

Passo por isso desde criança. Esse preconceito é alimentado pela indústria cultural como um todo, que fomenta um padrão de beleza – ainda que já esteja sendo rompido de alguma forma – e associa o sobrepeso a desleixo e falta de cuidado, e a magreza à saúde. E ainda (é alimentado) pelo senso comum e pela reprodução desses preconceitos por pessoas que acham que isso não incomoda a gente, que não machuca, que é engraçado apontar as características físicas de alguém. Gosto é uma questão pessoal, mas existem determinados padrões estéticos culturais que influenciam no julgamento da maioria. Quando o tempo todo é incutida a ideia de que só se é bonito quando é magro, fica difícil para muita gente aceitar que essa ideia não é real.

Como você lida com o seu corpo? Você se sente satisfeita?

Em maior ou menor grau, todo mundo está insatisfeito com alguma coisa. Se realmente me incomodasse ao ponto de não me sentir bem, saudável e ativa, faria algo pra mudar.

O fato de você ter sido procurada para comentar esse tema te incomoda?

Não me incomoda o fato de ser gorda, mas de existirem poucas referências de mulheres gordas que não viram notícia porque estão fazendo alguma dieta ou emagreceram. Me incomoda, sim, o fato de ainda ter que bater na tecla de algo tão óbvio: o respeito ao outro e o fato de que o corpo alheio – especialmente o da mulher – não é propriedade pública nem objeto de observação e julgamento.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave