Diretoria vascaína festeja derrotas de Eurico e Edmundo

Os dois concorrentes ao comando do clube Cruzmaltino não foram bem sucedidos em suas ações e abriram caminho para a situação

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

ALEXANDRE GUZANSHE - 12.11.2008
undefined

O grupo da situação para as eleições à presidência do Vasco recebeu a notícia de duas vitórias nos bastidores, nesta quinta-feira. Um dos favoritos ao pleito, o ex-presidente Eurico Miranda pode ficar de fora caso o conselho acate o pedido de exclusão do ex-dirigente - atualmente presidente do Conselho de Beneméritos - do quadro social do clube. Já um grupo de oposição que tem Edmundo como apoiador viu seu pedido de adiamento das eleições negado pela Justiça.

O pedido de exclusão de Eurico Miranda foi protocolado por 80 conselheiros, há dez dias, e aceito nesta quinta pela secretaria do clube. O ex-presidente agora tem outros dez dias para apresentar sua defesa. Em maio, Eurico teve negado um recurso apresentado junto ao clube em que é obrigado a ressarcir o Vasco em R$ 1,3 milhão por conta de um processo que perdeu quando presidiu a entidade, no início da década passada.

Já a chapa apoiada pelo ex-atacante Edmundo, a Sempre Vasco, teve o pedido de adiamento das eleições negado pelo Tribunal de Justiça do Rio. Em seu despacho, a juíza Ana Lucia Viera de Castro destacou que transferir as eleições de agosto para novembro significaria deixar o clube sem representação ou estender o atual mandato de Roberto Dinamite, "o que em qualquer dos casos, geraria também, outras ações judiciais".

Leia tudo sobre: vascodiretoriacomemoraderrotasedmundoeurico