Com Poliana machucada, Ana Marcela fatura ouro no Canadá

Agora, Ana tem tudo para ampliar a folga na liderança do ranking mundial, assumida após a vitória desta quinta

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Ana Marcela Cunha subiu ao lugar mais alto do pódio na etapa do Lago St. Jean, em Roberval, no Canadá, e deu um enorme passo para faturar o título da Copa do Mundo de Maratonas Aquáticas. Afinal, a baiana agora não tem mais a concorrência de Poliana Okimoto que, lesionada, abandonou a temporada.

Nos próximos 15 dias, serão mais duas etapas do Circuito Mundial em lagos canadenses (Magog e Megantic) e Ana Marcela tem tudo para ampliar a folga na liderança do ranking mundial, assumida após a vitória desta quinta. Afinal, para ganhar o título é necessário participar de todas as oito etapas (não há descartes), e as italianas, que assim como as brasileiras, tinham ido às três etapas anteriores, não estão no Canadá.

"Estou feliz por ter vencido e pontuado e agora passei a liderar a classificação da Copa do Mundo. E espero nas próximas etapas canadenses ampliar minha vantagem em relação às outras nadadoras", disse Ana Marcela, que venceu nesta quinta apenas na batida de mão a americana Christine Jennings e a veterana alemã Angela Maurer.

Após quatro etapas, Ana Marcela soma 76 pontos, graças a duas vitórias, um segundo e um terceiro lugares. Poliana, que tinha uma vitória e dois segundos lugares, não compete mais em 2014.

"Embora esteja liderando o Circuito Mundial deste ano, vou ser obrigada a abandonar a disputa. Durante a prova de Setúbal, em Portugal, sofri uma pequena fissura no disco da coluna cervical. Graças a Deus não é nada grave, mas para que não haja um agravamento na lesão, decidimos, eu e minha equipe multidisciplinar, não corrermos riscos", explicou a nadadora.

Leia tudo sobre: okimotoana marcelanataçaomedalhacanada