Avião que caiu na África já pertenceu ao Real Madrid

Pertencente a Air Algerie, o avião MD83 estava sob operação da SwifrAir e fazia o trajeto entre Ouagadougou, no Burkina Faso, e Argel, capital da Argélia

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Real Madrid utilizou aeronave por dois anos
Site oficial/Divulgação
Real Madrid utilizou aeronave por dois anos

Segundo informação divulgada pelo periódico espanhol "Marca", o avião que caiu na África nesta quinta-feira pertenceu ao Real Madrid entre 2007 e 2009. A aeronave foi batizada de "La Saeta", apelido dado a Di Stéfano, um dos maiores ídolos da história do clube merengue, e fazia o transporte da equipe e de membros da diretoria.

Pertencente a Air Algerie, o avião MD83 estava sob operação da SwifrAir e fazia o trajeto entre Ouagadougou, no Burkina Faso, e Argel, capital da Argélia.

Após 50 minutos de voo, a aeronave desapareceu dos radares. Horas depois, as autoridades confirmaram a queda do aparelho e a morte de 116 pessoas.

Leia tudo sobre: aviãotragédiaincidentereal madridáfrica