Cinto de segurança inteligente acorda pessoas que dormem ao volante

Acessório é capaz de monitorar os ritmos cardíaco e respiratório do usuário, conseguindo descobrir se a pessoa pegou no sono dirigindo, emitindo alertas

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Cinto emite sensores para acordar motorista.
Divulgação/Harken
Cinto emite sensores para acordar motorista.

Um cinto de segurança inteligente foi desenvolvido por cientistas para ajudar a prevenir acidentes automobilísticos. O acessório possui sensores que podem acordar  motoristas que durmam ao volante. A ideia é do Instituto de Biomecânica de Valência (IBV), na Espanha, que trabalha no chamado "Projeto Harken", financiado pela União Europeia.

O cinto é capaz de monitorar os ritmos cardíaco e respiratório do usuário, conseguindo descobrir se a pessoa pegou no sono dirigindo. Nessa situação, o sistema emite alertas.

De acordo com os cientistas, foi necessário instalar três componentes, sendo um sensor no banco, outro no cinto de segurança e uma unidade de processamento dos sinais. Todos eles ficam invisíveis para o usuário. O diretor de inovação de mercados automotivos do IBV, José Solaz, diz que o monitoramento dessas informações é suficiente para indicar o nível de cansaço do motorista.

Até agora, nenhum sistema foi capaz de realizar essas aferições de forma não invasiva. O Harken, desenvolvido por empresas e universidades, portanto, é pioneiro.

Um protótipo completo já está pronto e segue em fase de testes. As primeiras avaliações estão sendo feitas em pistas fechadas e simuladores, para só depois chegarem ao mercado. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave